Destaque, Sociedade

Termas de Melgaço abrem todo o ano

image012 (2)

A partir de 17 de julho, as Termas de Melgaço vão estar abertas todo o ano. Neste momento, o complexo termal encontra-se em funcionamento com os serviços mínimos em virtude da reestruturação a que está a ser alvo mas prevê, a curto médio prazo, aumentar a oferta de serviços, aproveitando os benefícios da sua quente e enriquecida água termal e a natureza do território. A apresentação da nova gerência e dos projetos acontece esta sexta-feira, 14 de julho, pelas 17h30, na Fonte das Termas de Melgaço.
O Grupo Pinto da Costa & Carriço Lda. assumiu a gerência das Termas de Melgaço e pretende que voltem a ser uma referência nacional e internacional, atraindo quem procura o lugar certo para descansar e passar bons momentos. «Com o slogan ‘Vida em pleno’, queremos potenciar Melgaço e cativar mais visitantes, devolvendo às Termas o esplendor de outrora.», afirma a nova gerência. Neste momento a estância está a requalificar todos os aparelhos de tratamento para prestar o melhor serviço. «Futuramente vamos ter mais serviços disponíveis e para tal estamos em fase de recrutamento dos melhores profissionais, para diversas áreas», garante a CEO do grupo, Carina Pinto da Costa.

Localizado num dos mais belos recantos do Norte português, o Parque Termal do Peso ou Estância Termal de Melgaço situa-se na freguesia de Paderne, lugar do Peso, em Melgaço. Implantadas num Parque onde a água das nascentes minerais e dos três ribeiros que o cruzam é uma presença constante, as Termas de Melgaço oferecem, a quem as procura a possibilidade de desfrutar de uma ligação descontraída com a Natureza proporcionando em simultâneo a utilização de um recurso ímpar reconhecido pelo seu potencial terapêutico. Indicadas para o tratamento de diferentes patologias, nomeadamente: Diabetes Tipo 1, Diabetes Tipo 2, Dislipidemias, Dispepsia, Duodenites, Colecistites crónicas, Disquinésia biliar, Obstipação, Cólon irritável ou Colite funcional, Lombalgia, Artralgia, Rinite alérgica, Sinusite, Faringite crónica e Bronquite crónica; as Termas de Melgaço irão dispor ainda de uma oferta complementar aos tratamentos clássicos, focados numa vertente de bem-estar, estética, beleza e relaxamento.

 

A partir do dia 17 de julho

Hidropinia com copo; Máscaras Faciais; Esfoliação (rosto e corpo); Massagens: cervicodorsal, local, completa, celta local, celta completa, para crianças, craniofacial, para pernas cansadas, anticelulite e reafirmante, e com pedras quentes; Peeling corporal; Técnica redutora; Hidratação corporal; Envolvimento (limus/algas); Envolvimento especial (Uva chocolate e aloé); Tratamento hidratação mãos/pés (com parafina); Circuito termal (piscina dinâmica, banho turco, sauna e jacuzzi); e Hidroterapia, são os tratamentos disponíveis a partir da próxima segunda-feira, 17 de julho.

 

Após a requalificação dos aparelhos de tratamento

Banho de contrastes mãos/pés; Lama Termal; Bertholaix; Estufa de Vapor; Duche de Jato; Banheira de Hidromassagem; Banheira com massagem subaquática; e Banho Vichy.

 

29 Especialidades

Clínica geral, Educação social, Farmacêutica, Ortopedia, Osteopatia, Psicologia clínica, Terapia ocupacional, Enfermagem, Endocrinologia, Ginecologia, Medicina dentária, Medicina interna, Nutrição, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Pneumologia, Psicologia, Psiquiatria, Podologia, Urologia, Terapia da fala, Neurologia, Cardiologia, Imunoalergologia, Implantologia, Ortodontia, Medicina natural e Acupuntura são as especialidades que as Termas de Melgaço pretendem ter, a curto-médio prazo, ao dispor de quem as procura. O Grupo quer também associar ao termalismo a função de Clínica Médica e de Laboratório de Análises Clínicas e Imagiologia.

A estância terá também disponíveis rastreios: Colesterol, Glicose, Pensos Simples, PSA (cancro da próstata), Sangue Oculto (cancro do cólon), Tensão Arterial e Triglicerídeos. Mesoterapia, Pilates Clínico, Fisioterapia, Reiki, Zumba, Yoga e Yoga para Crianças serão as atividades de lazer e terapêuticas disponíveis.

A nova gerência pretende que os melgacenses considerem as Termas de Melgaço como suas, e por isso todos os habitantes do concelho, assim como os funcionários da autarquia e da Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer E.M, serão considerados AMIGOS DAS TERMAS, tendo como tal condições muito especiais no seu usufruto.

Para além da oferta de serviços, as Termas de Melgaço terão a sua Fonte, um local de bastante procura, aberta todos os dias, entre as 09h30/12h30 e as 14h30/19h30 e ao público em geral.

 

Sobre as Termas de Melgaço

A história documentada das Termas foi iniciada com o primeiro registo no município de Melgaço em 1884. Em 1885, engarrafaram-se as primeiras águas, tendo Adriano Cândido Moreira solicitado, quatro anos depois, licença para a sua aplicação terapêutica. A água é mineralizada, gasocarbónica, bicarbonatada, cálcica/magnesiana e ferruginosa, com uma temperatura de 15°C e pH de 6.

As duas nascentes (Fonte Principal e Fonte Nova ou Galeria Nova), a monumental Buvete, o Balneário, e a Oficina de Engarrafamento, fazem parte harmoniosa de um Parque Termal de frondosa e variada vegetação cortado pela ribeira da Bouça Nova. É sem dúvida a Buvete da Fonte Principal o ex-líbris das Termas de Melgaço, obra desenhada pelo Engenheiro Luís Couto dos Santos, terminada em 1915. Trata-se de um pavilhão monumental da arquitetura do ferro, construído sobre a captação. De planta quadrada a nível mais baixo do que o solo, para o qual se desce por três largas escadarias para o centro, no qual se encontra a nascente. Anexo ao parque do seu lado poente encontra-se a propriedade do Hotel do Peso, construído em vários corpos, onde não falta a capela. É atualmente uma nostálgica ruína a lembrar outros tempos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *