Cultura, Elvas

Festival Sete Sóis Sete Luas comemora bodas de prata em Elvas

Festival Sete Sóis Sete Luas comemora bodas de prata em Elvas
No ano em que comemora as bodas de prata, o Festival Sete Sóis Sete Luas traz até Elvas os sons da Sicília e de Castilla La Mancha, em Espanha, nos sábados de 15 e 22 de julho, numa iniciativa que junta nesta edição uma rede cultural de 30 cidades, de 11 países do Mediterrâneo e do mundo lusófono: Brasil, Cabo Verde, Croácia, Espanha, França, Grécia, Itália, Marrocos, Roménia, Portugal e Eslovénia.

Assim sendo, a edição XXV do Festival Sete Sóis Sete Luas inicia-se, no dia 15 de julho, com a atuação, a partir das 22 horas, da banda Agricantus, nascida em Palermo na década de 90, e que traz a Elvas o “world music étnico-electronica”, que apresenta uma “visão do mundo sem limites, a partir do qual extrai uma narrativa musical através de laços com as culturas dos cinco continentes.

A sua carreira artística é simbolicamente baseada na “visão de paz entre os povos”, paz que pode ser construída de forma contínua através dos sons, a música e as palavras. A intenção é enriquecer sua música com sons e cores e línguas, com o desejo de levar o ouvinte através do “crescendo” contínuo e “diminuendo” da música, para mudar para um outro mundo possível”.

A proposta para dia 22, sábado, é El Chinchilla, cantor e compositor espanhol, que iniciou a sua carreira musical em 1996 no âmbito do rock. Nas suas sonoridades predominam a rumba e os temas como a vida, amor e desamor, campanha e liberdade. “Os ritmos da rumba, rock, pop e flamenco são as características distintivas de todos os seus quatros discos. El Chinchilla é um artista completo, dedicado também à pintura e a compor canções para outros artistas. Em Setembro de 2011, vê a luz “Livre”, uma nova parcela de “rumba e outras coisas”, com que o artista realiza uma importante tournée na República Checa”.

Uma iniciativa que conta com o apoio da Câmara Municipal de Elvas e promete animar as noites de verão, na Praça da República.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *