Albergaria-a-Velha, Educação, Saúde, Sociedade

Albergaria-a-Velha apresenta resultados do projeto +Exercício/-Obesidade

19238229_1359703187446476_8783083710470502415_o

A Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha apresentou, na passada sexta-feira, os resultados do projeto +Exercício/-Obesidade a cerca de 60 pais e encarregados de educação no Centro Escolar das Laginhas. A sessão contou com a presença da Vereadora da Educação, Catarina Mendes, e visou informar os pais e familiares para algumas das ações que a Autarquia está a desenvolver no âmbito da saúde e da promoção de estilos de vida mais saudáveis.

O projeto +Exercício/-Obesidade pretende identificar as situações de excesso de peso e obesidade nas crianças do Pré-escolar, promovendo a prática de atividades físicas regulares e a adoção de hábitos alimentares saudáveis como formas de melhorar a qualidade de vida. No estudo municipal desenvolvido no ano letivo 2015/2016, verificou-se que 31 por cento das crianças registava excesso de peso e que 12 por cento eram obesas. Foram analisadas 521 crianças dos jardins de infância da rede pública e das IPSS do Concelho, o que corresponde a 82 por cento das crianças inscritas.

A Vereadora da Educação, Catarina Mendes, afirmou que o Executivo está preocupado com as questões da saúde e da obesidade infantil, em particular. “Desde tenra idade podemos orientar as nossas crianças para uma alimentação mais saudável e motivá-las para a prática do exercício físico”, explicou Catarina Mendes.

Através do Programa Municipal de Educação, a Câmara Municipal tem promovido atividades que visam contrariar a tendência de subida da obesidade infantil. No ano letivo 2016/2017, foram realizadas 54 sessões de alimentação saudável nos jardins de infância da rede pública do Concelho, que envolveram mais de 300 crianças. Fora do meio escolar, desenvolveu ainda seis sessões na Biblioteca Municipal para o público familiar, sempre com lotação esgotada. A importância do pequeno-almoço e da fruta, bem como a necessidade de integrar mais vegetais na alimentação do dia a dia foram alguns do temas abordados na ações.

No campo da atividade física, a Câmara Municipal tem desenvolvido os projetos “Saltitar” e “Chapinhar”. No primeiro caso, professores de Desporto desenvolvem, em parceria com as educadoras de infância, uma aula semanal de 45 minutos de atividade física nos jardins de infância e IPSS do Concelho, abrangendo perto de 600 crianças. Já no “Chapinhar”, a Autarquia oferece 10 sessões nas piscinas municipais a cada uma das salas do Pré-Escolar da rede pública. Em abril, promove-se ainda a “Caminhada pela Saúde”, uma atividade em que as crianças do Pré-escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico saem das salas de aula à mesma hora para dar uma caminhada na zona do recinto escolar.

No ano letivo 2017/2018, a Câmara Municipal vai proceder a novas monitorizações do peso e da altura das crianças, a fim de registar a evolução dos casos de obesidade infantil. Os resultados apurados nos estudos já efetuados vão ser encaminhados para as Associações de Pais e Encarregados de Educação dos Agrupamentos de Escolas e será entregue um folheto informativo no início do próximo ano letivo, juntamente com o Programa Municipal de Educação.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *