Montijo, Sociedade

Reabilitação e Restauro da Ermida de Sto. António no Montijo

ermida sto antonio - obras (1)

A Câmara Municipal do Montijo vai proceder à inauguração da Reabilitação e Restauro da Ermida de Sto. António, localizada na Quinta do Pátio d’ Água (Montijo), no dia 24 de junho, pelas 16h00.

Para além da bênção da Ermida e das intervenções oficiais, o evento vai contar com a atuação de um Sexteto de Cordas da Orquestra Metropolitana de Lisboa, no Salão Nobre da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro.

A Ermida de Sto. António, cujas origens remontam ao século XVI, foi alvo de uma profunda obra de reabilitação e restauro, num investimento total de 189.800,00 euros, com financiamento contratualizado no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano/Programa Operacional de Lisboa 2020.

Foram realizados trabalhos de construção civil no interior e no exterior do imóvel para resolução das patologias que comprometiam o seu estado de conservação e durabilidade. Dos elementos histórico-artísticos que engrandecem o seu interior, foi restaurado o conjunto de vitrais pela Oficina Ricardo Leone, de Lisboa, e restaurados os silhares de azulejos setecentistas remanescentes do terramoto de 1755, bem como os elementos em talha dourada.

Preparada que foi a base necessária para a colocação de um novo pavimento, foi instalado o pavimento final “Chão Comum”, simultaneamente objeto funcional e obra de arte, da autoria da conceituada artista montijense Fernanda Fragateiro.

Sucedendo à requalificação de meados do séc. XX, então sob projeto do arquiteto Porfírio Pardal Monteiro, a Câmara Municipal do Montijo promoveu esta intervenção, assumindo plenamente a obrigação de cuidar o património público concelhio, não se limitando a conservá-lo, antes pugnando pelo seu enriquecimento e valorização.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *