Cultura, Torres Vedras

Digressão da Companhia Nacional de Bailado em Torres Vedras

a perna esquerda de tchaikovsky

A digressão nacional da Companhia Nacional de Bailado (CNB) vai passar por Torres Vedras.

A primeira ação nesse âmbito acontecerá no próximo dia 21 de junho, pelas 21h30, no Teatro-Cine de Torres Vedras, com a exibição do documentário de Cláudia Varejão “No Escuro do Cinema descalço os sapatos”.

Para a elaboração do mesmo, esta realizadora e a sua assistente de som, Adriana Bolito, acompanharam a CNB durante doze meses, recolhendo as imagens que fazem parte desse documentário. Agachadas, invisíveis num canto escuro do palco, dos estúdios ou dos camarins, a todos apanharam descalços, fosse no quotidiano simples e rotineiro dos ensaios ou no mais emocional e frágil dos espetáculos. Um quotidiano que é rigoroso para bailarinos, coreógrafos, músicos, ensaiadores, costureiras, técnicos de luz, som e toda uma vasta equipa que permite que a dança percorra as salas de ensaio e se alongue pelos corredores até chegar ao palco. Este filme acompanha por um lado as criações, estreias e digressões da companhia de dança mais antiga do país e, por outro, o trabalho silencioso e estrutural de cada bailarino.

Ficha Técnica:
Cláudia Varejão: fotografia e realização
Adriana Bolito: som
Cláudia Varejão e Francisco Moreira: montagem
Maria Maranha: assistente de montagem
Hugo Leitão: montagem e misturas de som
Paulo Américo: correção de cor
João Matos: produtor
Cláudia Varejão, Celeste Alves e Bárbara Valentina: coordenação de produção
Marta Lemos: coordenação de pós-produção
Susana Nobre: direção financeira
Pedro Peralta: distribuição
Mariana Vasco: contabilidade

Uma encomenda da Companhia Nacional de Bailado com produção da Terratreme.

Posteriormente, no dia 24 de junho, pelas 21h30, também no Teatro-Cine de Torres Vedras, a CNB apresentará o espetáculo “A Perna Esquerda de Tchaikovsky”.

Este espetáculo partiu de um convite desta companhia a Tiago Rodrigues para escrever e dirigir uma peça em torno da memória do corpo da bailarina Barbora Hruskova. Em diálogo com o piano de Mário Laginha, que estará em palco para interpretar a música original que compôs para este espetáculo, Hruskova revisita a sua carreira e as marcas que essa vida na dança traçou no seu corpo.

O preço dos bilhetes para se assistir a este espetáculo é de 3€.

Ficha Técnica:
Barbora Hruskova: Bailarina
Mário Laginha: Música e Piano
Tiago Rodrigues: Texto e Direção
Cristina Piedade: Desenho de Luz
Crédito Fotográfico: Bruno Simão

De referir que a digressão nacional da CNB integra-se na comemoração das suas quatro décadas de existência, uma companhia que na sua génese esteve ligada à interpretação dos grandes clássicos e tem acolhido permanentemente criações contemporâneas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *