Celorico de Basto, Sociedade, Turismo

Marchas populares em Celorico de Basto

_DSC2142

“É uma satisfação imensa ver esta alegria e esta boa disposição em mais uma grande festa protagonizada pelos nossos idosos que integram o programa Celorico a Mexer. Damos a arranque às festas populares e como usualmente assistimos a um espetáculo muito bem conseguido com coreografias e músicas originais, fruto do trabalho de todos os colaboradores e utentes que fazem com que este programa seja tão bem sucedido” disse o presidente da Camara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca agradeceu o empenho de todos e mostrou-se regozijado pelo trabalho apresentado. “É muito importante que toda a gente saiba o trabalho que vocês desenvolvem nos locais de animação, é importante também que os idosos mostrem que são capazes de fazer coisas tão bonitas e com tanta dedicação, nós só temos que assistir e aplaudir o resultado final”.

Nesta edição das marchas populares, idosos e técnicos desenvolveram a letra e cantaram-na com músicas adaptadas das tradicionais marchas populares. Cada grupo aplicou na letra apresentada características próprias de cada freguesia, indo de encontro às tradições, com rimas bem conseguidas. As coreografias foram ensaiadas nos locais de animação e mostraram a agilidade dos idosos. As roupas também foram produzidas pelos idosos com adereços próprios com referência às camélias, à vinha, à fruta da época, aos produtos derivados da agricultura… Toda esta composição proporcionou um espetáculo único a todos os presentes.

A desfilar, pela ordem de atuação, esteve a marcha de Moreira do Castelo, a marcha de Carvalho, a marcha de Codessoso, a marcha de Britelo, a marcha de Corgo e Veade, a marcha de Nespereira e Basto S. Clemente, a marcha de Rego e Caçarilhe, a marcha de Ribas, a marcha de Gagos, Ourilhe e Molares, a marcha de Agilde e Borba da Montanha, a marcha de Fervença, a marcha de Cerdeira e Vacaria, a marcha de Vale de Bouro e Gémeos, a marcha de Arnoia, Infesta e Basto Sta. Tecla, a marcha de Canedo de Basto e a marcha dos animadores, professores, técnicos da Câmara Amiga e CLDS 3G.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *