Celorico de Basto, Cultura, Destaque

Noite de emoção recorda o Sr. Carvalhinho em Celorico de Basto

_DSC0274

Centenas de pessoas marcaram presença na cerimónia de lançamento do livro “O Meu Coração é Celorico” –“Carvalhinho, o Homem do Povo e da Cidadania”, de homenagem póstuma a uma referência desportiva local, Luís Carvalho. A cerimónia de lançamento da obra decorreu envolta de emoção no dia 27 de maio.

“O Sr. Carvalhinho merecia esta justa homenagem, pela referência desportiva e cultural, pela entrega, pela dedicação, pelas tantas histórias e memórias. À Perpétua só posso deixar uma palavra de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido em prol de um amor imenso ao grande homem que foi o seu Pai” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, durante a homenagem.

Uma cerimónia que procurou dar a conhecer alguns momentos marcantes da vida de Carvalhinho com testemunhos de pessoas que o recordaram de forma especial. “É para mim uma honra ver estas pessoas a falar do meu pai com tanto carinho. A edição deste livro foi um pedido dele, porque sempre desejou passar as vivências para livro, e eu fui deixando até que, achei que era altura certa para me dedicar a recolher os testemunhos, as memórias, as histórias, as vivências de quem passou momentos com o meu Pai. Foi uma recolha muito exaustiva que durou mais de 6 anos, mas foi absolutamente enriquecedor e emocionante. É a homenagem que o meu Pai sempre ambicionou, um desejo dele que finalmente ganhou forma” disse Perpétua Carvalho, autora do livro e filha de Luís Carvalho. “Eu senti necessidade de ressalvar todo o lavor em prol do Clube Desportivo Celoricense, dos Bombeiros Voluntários Celoricenses e outras instituições públicas ou privadas. O meu Pai foi um Homem à frente no seu tempo, que mudou mentalidades, hábitos, usos e costumes da sociedade concelhia e regional. Obrigada a todos os que colaboraram na edição deste livro e deram o seu testemunho” disse.

Um dos momentos altos da cerimónia foi o testemunho da bisneta, Maria Luís, que deixou o público rendido ao seu encanto e à forma tão particular muito à semelhança do seu bisavô. Também José Manuel Cardoso e António Manuel Campos Magalhães Costa, grandes amigos do Carvalhinho, apresentaram o seu testemunho, emotivo, de momentos vividos e guardados na memória.

Fernando Peixoto, Vereador da Câmara Municipal de Celorico de Basto, também recordou o Sr. Carvalhinho tendo até sido jogador do Celoricense no seu tempo.

Outros testemunhos marcaram a homenagem assim como momentos musicais com a atuação do grupo Viva Moreira e do fadista Manuel Faustino de Mondim de Basto que cantou os fados preferidos de Luís Carvalho “Carmencita” e “Cartas de Amor”, e o cantor e letrista Carlos Cunha. No final, decorreu uma sessão de autógrafos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *