Castro Marim, Cultura, Destaque, Turismo

Terra de Maio traz milhares de pessoas ao Azinhal em Castro Marim

maior queijo fresco - terrademaio2017 (5)

A 10ª edição da Terra de Maio, de 26 a 28 de maio, registou um enorme sucesso. Pela feira passaram milhares de pessoas, atraídas pela identidade local que o evento promove, desde a arte, passando pela gastronomia, até à música. Sábado, com o espetáculo do prestigiado humorista Herman José – “ONE (HER)MAN SHOW” -, foi o dia de maior afluência.

Abraçando o desafio proposto pela Câmara Municipal de Castro Marim, a ANCCRAL (Associação Nacional dos Criadores de Caprinos de Raça Algarvia) voltou a promover a edição do “Maior Queijo de Cabra de Raça Algarvia”, um queijo fresco com aproximadamente 40kg e 80 cm de diâmetro, para o qual foram necessários cerca de 170 litros de leite e 1,5kg de flor de sal de Castro Marim. Nesta, que foi a 2ª edição da iniciativa, foram servidas três variedades do queijo fresco: o genuíno queijo fresco, o queijo fresco com ervas aromáticas e uma novidade, queijo fresco com chocolate.

Promover a Cabra de Raça Algarvia e os saberes e sabores a ela associados, é o mote deste evento, que tem vindo a crescer e a conquistar espaço no calendário de programação cultural do Algarve e também na andaluza. O objetivo do certame é promover produtos locais e regionais resultantes das atividades ligadas à agricultura e à criação de gado, bem como as próprias atividades em si, e também aumentar o volume de vendas através da comercialização direta.

O Concurso da Cabra de Raça Algarvia animou mais uma vez o certame. A competição, que escolhe os melhores exemplares da Cabra de Raça Algarvia, contou com a participação de 11 produtores do território do Baixo Guadiana. A entrega de prémios decorreu no domingo. A Cabra de Raça Algarvia é um animal corpulento, que atinge cerca de 50kg em adulto. Com pelo curto, branco e com malhas castanhas de várias tonalidades, a cabra algarvia resulta de um cruzamento entre a cabra charnequeira do Algarve com a cabra marroquina (no séc. XIX) e do cruzamento posterior com a cabra alpina espanhola (no início do séc. XX). O número de efetivos da cabra de raça algarvia está em crescimento no concelho de Castro Marim. Além de ser rentável em termos de produção de carne, a cabra algarvia tem um excelente potencial leiteiro, permitindo não só a comercialização do mesmo, mas também a produção de derivados. O queijo desta cabra é um produto muito procurado e reconhecido pela elevada qualidade e características organoléticas singulares, reconhecido como o queijo mais saudável, sendo já vendido em grandes superfícies comerciais e servido nos restaurantes da região. O Concurso da Cabra de Raça Algarvia foi uma organização da Associação Nacional dos Criadores de Caprinos de Raça Algarvia (ANCCRAL) em colaboração com o Município de Castro Marim.

Artesanato ao vivo, música popular e tradicional, workshops, exposição de cabras de raça algarvia, ateliês de pão e queijo, passeios de burro, demonstrações de cozinha ao vivo, tasquinhas com variada gastronomia local e da região Baixo Guadiana, falcoaria, animação infantil, entre muitos outros atrativos, fizeram mais esta Terra de Maio, que se tem sedimentado a cada edição.

Nesta edição, destaque para algumas atividades e espetáculos, nomeadamente a exposição “Artefactos do Mundo Rural”, uma cortesia de Clara Assunção, que nos trouxe um conjunto de instrumentos de trabalho da terra e do mundo rural, numa evocação de memórias, de pessoas, de afetos e das condições vividas nas últimas décadas em Portugal. Realce ainda para o desfile “Bioco Tradition”, Por Lurdes Silva e para os showcookings do mini chef Pedro Jorge, ex-concorrente do programa Masterchef Júnior, e do chef de renome Louis Anjos, atualmente chef executivo dos quatro restaurantes do Macdonald Monchique Resort & Spa.

A organização dos showcookings foi integrada no âmbito do projeto “Choose Our Food”, da Associação Odiana, cujos objetivos passam por maximizar o potencial dos recursos naturais e produtos regionais do Baixo Guadiana através do reforço da cooperação empresarial entre os setores Agroalimentar e Turístico, tendo em vista a sensibilização para os fatores críticos de competitividade, aprovado no Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Qualificação – Baixa Densidade, financiado pelo CRESC ALGARVE 2020, através do FEDER.

A Terra de Maio foi uma organização da Câmara Municipal de Castro Marim e Junta de Freguesia de Azinhal, teve a colaboração do Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território, Turismo de Portugal, Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de St. António, Associação Nacional de Criadores de Caprinos de Raça Algarvia (ANCCRAL), Casa do Povo do Azinhal, Associação Recreativa e Cultural do Azinhal, Eurocidade do Guadiana, marca Natural.pt, Gran-Plaza Tavira e Associação Odiana e foi integrada no programa Bandeira Azul.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *