Mangualde, Sociedade

Mangualdenses aprenderam a fazer a sou roupa

IMG_1112

Chegou ao fim a formação de costura sobre “preparação, montagem e acabamento de calças” e “modelação de saias”. Ministrada por Isabel Miranda, contou com a participação de 18 formandas, oriundas de diferentes freguesias do concelho. Na cerimónia de encerramento, que decorreu ontem, 24 de maio, marcou presença Maria José Coelho, Vereadora da Câmara Municipal de Mangualde, Ulisses Monteiro e Ana Cristina Mendes, do CEARTE e Bernardino Azevedo, Presidente da União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta.

A Vereadora Mª José Coelho aproveitou a oportunidade para agradecer ao CEARTE “pela colaboração prestada ao apostar em ações de formação no Concelho de Mangualde” e à União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta “pela disponibilidade em colaborar com este tipo de iniciativas, ao ceder o espaço para a realização do curso”. Relativamente às formandas destacou “o empenho demonstrado para o sucesso desta iniciativa e agradeceu pela apresentação dos trabalhos expostos”. Por seu lado, as formandas mostraram-se muito satisfeitas por terem tido a oportunidade de aprender e aprofundar os seus conhecimentos na área da costura. Ao longo do curso foram pondo em prática algumas das técnicas e estratégias abordadas.

Enquadrada nas Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD), e com a duração de 75 horas, esta formação teve como objetivo desenvolver competências na área de corte e costura, fazendo com que os/as formandos/as aprendam a criar as suas próprias roupas com as modelagens trabalhadas nas aulas. Os destinatários eram desempregados, com escolaridade igual ou superior ao 6º ano.

A iniciativa realizou-se de 3 a 24 de maio, numa sala contígua à sede da Junta da União de Freguesias de Mangualde, Cunha Alta e Mesquitela, e resultou da parceria entre a Câmara Municipal de Mangualde e o CEARTE – Centro de Formação Profissional do Artesanato, com o apoio da União de Freguesias de Mangualde, Cunha Alta e Mesquitela.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *