Oliveira de Azeméis, Saúde

Hospital de Oliveira de Azeméis investe 100 mil euros na requalificação do edifício

IMG_2948

O hospital S. Miguel, em Oliveira de Azeméis, vai entrar em obras de requalificação na próxima segunda-feira com os trabalhos a incidirem preferencialmente na impermeabilização dos telhados.

Numa visita à unidade de saúde e acompanhado de Miguel Paiva, presidente do Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga (CHEDV), o presidente da autarquia, Isidro Figueiredo, recebeu a confirmação do arranque da obra que irá representar um investimento de 100 mil euros.

Os trabalhos, que permitirão acabar com as infiltrações de água que afetam o funcionamento de vários serviços hospitalares, sucedem-se a outras melhorias introduzidas desde 2015 na unidade de saúde de forma a dar uma resposta mais eficaz às necessidades da população.

O investimento mais visível será a impermeabilização de quase mil metros quadrados de telhado que arranca nos próximos dias mas nos últimos dois anos têm sido já introduzidas algumas beneficiações, decorrendo outras alterações para rentabilizar melhor os espaços. A zona pediátrica, onde decorrem obras, é apenas uma das melhorias em curso sendo intenção dos responsáveis do hospital transferir para outro local a zona de exames radiológicos, atualmente de difícil acesso, bem como proceder à substituição de piso e pintura na zona da urgência. O armazém clínico é outra área a necessitar de intervenção.

“A Câmara Municipal será sempre um parceiro nas questões da saúde e está disponível para ajudar a melhorar o hospital, proporcionado melhores cuidados de saúde à população”, afirmou o presidente da autarquia no final da visita.

Isidro Figueiredo reuniu recentemente com o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, na qual o governante “se mostrou muito sensível para a abertura, em breve, de novos processos de recrutamento, de modo a aumentar a eficácia nos internamentos e no serviço de urgência”.

“É determinante revitalizar os serviços que o hospital pode oferecer e daí o trabalho que a autarquia tem vindo a desenvolver no sentido de reativar mais valências hospitalares. O serviço de pediatria e as consultas de oncologia já começaram este mês, bem como o reforço da cardiologia com meios complementares de diagnóstico”, destaca o autarca.

O hospital S. Miguel serve mais de 100 mil utentes dos concelhos de Oliveira de Azeméis, Arouca e Vale de Cambra.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *