Celorico de Basto, Desporto, Destaque

Celorico de Basto apresenta “a Mulher no Desporto”

_DSC6661

O Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, no dia 27 de abril, o colóquio “A mulher no Desporto”, com a presença de várias individualidades desportivas. A complementar esta ação estará patente no centro Cultural a exposição “A Mulher na imprensa desportiva”, até ao dia 5 de maio.

Uma ação que procura valorizar a mulher no desporto que tem travado grandes lutas pela igualdade de direitos. “As mulheres tiveram algumas dificuldades em ingressar no desporto e ainda hoje sentem algumas barreiras apesar de, felizmente, a mudança se ter feito notar ao longo dos anos, quer nas mentalidades, nas famílias, nas consciências” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “É importante sentir que as coletividades estão a apostar nas raparigas para a prática desportiva notando-se que está a florescer a possibilidade das mulheres terem um acesso mais fácil e cada vez melhores condições para a prática desportiva. Nós, enquanto Executivo Municipal, continuaremos a trabalhar em rede e parceria para fazer mais e melhor pela inclusão definitiva da mulher no desporto” realçou o autarca. Joaquim Mota e Silva exaltou o trabalho desenvolvido pelo grupo Cultural Recreativo de Gandarela de Basto extremamente positivo para Gandarela e para o concelho. De facto “as noticias positivas que o grupo tem recebido são sinónimo do esforço e da dedicação imprimida em tudo o que se envolve” realçou.

Também o diretor Regional do Instituto Português da Juventude e Desporto, Vitor Dias, elogiou a organização deste colóquio assim como o empenho do grupo e da autarquia na promoção dos direitos da mulher no desporto. “Numa altura em que celebramos 40 anos do poder local, o município de Celorico de Basto tem sabido criar as condições necessárias para a participação social, cívica, politica e desportiva dos jovens e nós também procuramos apoiar as associações juvenis financeira, técnica e logisticamente porque sabemos o papel importante que têm nas suas terras e comunidades na formação e requalificação dos jovens. A educação não formal faz, muitas vezes, a diferença” valorizando o trabalho do grupo de Gandarela que muito orgulha o IPDJ. Vitor Dias disse que estas iniciativas são fundamentais para valorizar a mulher que “tem sido descriminada em muitas matérias e também no desporto, baseados em questões sociais e históricas. É preciso que se “criem condições para que as mulheres fiquem ao mesmo patamar dos homens para puderem desenvolver a sua atividade física. Numa altura em que se reflete mais nos valores da ética no desporto é fundamental que tenhamos a capacidade de respeitar os outros para que nos possam respeitar a nós. Na prática desportiva todos são importantes, cada um no seu papel, mas em competição, seja qual for a modalidade, o respeito é fundamental”.

A iniciativa foi promovida pelo Grupo Cultural Recreativo de Gandarela de Basto, através do programa Basto InterAct, em parceria com o Município de Celorico de Basto e o IPDJ.

O Presidente do Grupo, Daniel Meireles, salientou que a apresentação deste colóquio e respetiva exposição tem dois objetivos centrais. Primeiro “promover a reflexão sobre o desporto suscitando uma tomada de consciência para a desigualdade de oportunidades para muitos jovens e mostrar exemplos de mulheres de sucesso que conseguiram quebrar muitas barreiras” e depois, “realçar qual o papel dos clubes e das associações desportivas no que respeita ao plano da igualdade de género no desporto. A igualdade entre homens e mulheres é fundamental para termos uma sociedade mais justa por isso, é crucial impulsionar boas práticas nesse domínio” .

O colóquio contou com a presença de Aurora Cunha, Embaixadora do PNED, Cândido Costa, Treinador de Futebol Feminino, Liliana Mendes Atleta de Kickboxing de Celorico de Basto, Altina Sofia Silva, coordenadora da Licenciatura de Educação Física e Desporto do IESF, tendo sido moderado por Inácio Anjos, IPDJ DRN. Cada interveniente expôs à plateia momentos únicos do percurso desportivo e as lutas travadas, onde se nota o reposicionamento da mulher no desporto ao longo dos anos.

A exposição “A Mulher na imprensa desportiva” estará patente no Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa até ao dia 5 de maio.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *