Porto de Mós, Sociedade

Dia da Liberdade foi assinalado em Porto de Mós

JV0A9867

Pelo quarto ano consecutivo a Assembleia Municipal e a Câmara Municipal de Porto de Mós associaram-se para celebrar os 43 anos volvidos sobre a Revolução dos Cravos – 25 de Abril.

O programa de atividades teve início no dia 24 de abril com a apresentação da peça “Olhando o sol”, de Ruy Jobim Neto. No dia 25 de abril as comemorações iniciaram com o hastear da bandeira, ao som do Hino Nacional, tocado pela Banda Recreativa Portomosense. A acompanhar a cerimónia estiveram, ainda, as três corporações de Bombeiros Voluntários do concelho de Porto de Mós.

Pelas 11h00 teve lugar a “Hora do Conto – Contar Abril”, uma iniciativa da Biblioteca Municipal, para miúdos e graúdos, que teve casa cheia!

A arruada, protagonizada pela Bandinha Mirense, convidou a população a dirigir-se ao Parque Almirante Vítor Trigueiros Crespo, onde o programa das comemorações teve continuação. Assim, pelas 16h00 deu-se início à sessão solene, aberta pelo Presidente da Assembleia Municipal, Rui Neves que referiu, no seu discurso, a importância do poder local, considerando os autarcas os melhores gestores da causa pública ao mesmo que tempo que alertou para a necessidade de considerar os valores de abril com seriedade: “Ninguém disse que a democracia era um sistema perfeito mas ninguém ainda inventou melhor. Numa Democracia Plena deve existir liberdade de expressão; deve haver a liberdade que nos concede o direito de dizer aos outros o que eles não querem ouvir, com decência e tolerância… coisas que Abril consagrou mas que muitos não seguem.”

De seguida tomou a palavra o Vice-presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Albino Januário, que deixou uma mensagem de alerta sobre o afastamento das gerações mais novas face à importância do que representa o 25 de abril e os seus valores encerrando a sua intervenção com um apelo: “(…) a democracia é um regime político imperfeito, mas é bom recordar, e sobretudo nunca esquecer, que foi ele, e é ele, que nos oferece valores e liberdade (…)”.

“Que desafios para o poder local” foi o mote das Conversas de Abril deste ano que contaram com a participação de José Junqueiro, antigo secretário de estado da Administração Marítima e Portuária e da Administração Local e vereador da Câmara Municipal de Viseu e de Jorge Veloso, Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de São Martinho do Bispo e Ribeira de Frades e Vice-Presidente do Conselho Diretivo da ANAFRE.

O programa das Comemorações do 25 de abril encerrou com a atuação da Brigada Vítor Jara, num verdadeiro espírito de festa do povo!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *