Cultura, Portimão

‘Così Fan Tutte’ de Mozart traz a magia da ópera a Portimão

Ópera Norte

O Primeiro Festival de Piano do Algarve poderá ter terminado mas a música erudita continua a marcar as noites portimonenses com o TEMPO – Teatro Municipal de Portimão – a receber mais um grande espetáculo no dia 6 de maio. A Ópera Norte e a Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo do Porto (ESMAE) trazem a Portimão a Ópera ‘Cosi Fan Tutte’ de Wolfgang Amadeus Mozart no que promete ser mais um momento memorável da agenda cultural algarvia.

Così Fan Tutte surgiu de uma encomenda do Imperador Joseph II, após uma apresentação bem-sucedida de As Bodas de Fígaro, em Agosto de 1789, e estreou no Burgtheater de Viena, em 26 de Janeiro de 1790. Hoje, esta ópera é uma peça que faz parte da programação regular nos teatros de ópera de todo o mundo. Foi classificada, em diversas ocasiões, como uma “ópera geométrica”, tanto musical, pela disposição das suas árias, como pelo argumento: dois pares, frente a frente, Ferrando e Dorabella, Guglielmo e Fiordiligi. Mozart consegue resultados excelentes sem a necessidade de recorrer a tantos recursos, como n’As Bodas, ou no Don Giovanni. É, sobretudo, uma ópera escrita para divertir plateias. Não será, segundo a maioria dos críticos, uma das obras-primas de Mozart; no entanto Così é, das suas obras, a que apresenta algumas das mais belas árias e o maior número de “cenas de conjuntos”, duos, tercetos e quartetos.

O espetáculo conta com direção artística e produção de António Salgado, fundador da Ópera Norte professor da ESMAE, e direção musical de António Saiote, um dos mais reputados maestros do nosso país. Natural de Loures, António Saiote terminou o curso do Conservatório Nacional com 20 valores e foi bolseiro da Fundação Gulbenkian em Paris tendo aprendido com os melhores mestres franceses. Obteve um Mestrado em Direção de Orquestra pela Universidade de Sheffield. Tem uma prolífica carreira de maestro, tendo dirigida todas as principais orquestras portuguesas e também orquestras de outros países como Espanha, Venezuela, França e Alemanha. Atualmente ensina na ESMAE e é diretor artístico da sua orquestra sinfónica.

O espetáculo tem o custo unitário de 15 € e os ingressos podem ser adquiridos online em http://www.tempo.bol.pt/ ou na bilheteira do TEMPO (282402 475 ou 961 579 917).

Este espetáculo integra o “Programa 365 Algarve”, uma iniciativa financiada pelo Turismo de Portugal com coordenação da Região de Turismo do Algarve.

Mais informações e programa completo em http://www.teatromunicipaldeportimao.pt/pdf/TEMPO_Agenda_Jan_Jun_2017.pdf .

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *