Reguengos de Monsaraz, Sociedade

Laços azuis nas juntas de freguesia e na Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz contra os maus-tratos infantis

Câmara_Municipal_de_Reguengos_de_Monsaraz (1)

Os edifícios da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, das juntas de freguesia e de outras instituições do concelho têm laços azuis nas paredes durante o mês de abril para assinalar o Mês Internacional da Prevenção dos Maus-tratos Infantis. Esta iniciativa da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Reguengos de Monsaraz em conjunto com a autarquia visa alertar a população para os maus-tratos contra crianças e jovens, uma realidade mundial que atravessa gerações, independentemente da raça, sexo, idade ou condição social.

No dia 21 de abril será organizado o “Dia de Vestir Azul”, que tem como objetivo que todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Reguengos de Monsaraz e a comunidade em geral vistam uma peça de roupa de cor azul. Neste dia vão também ser distribuídos folhetos informativos na Feira do Livro e em vários locais do concelho para divulgar a história do laço azul.

A Campanha do Laço Azul iniciou-se em 1989, na Virgínia, Estados Unidos da América, quando uma avó, Bonnie W. Finney, atou uma fita azul à antena do seu carro para fazer com que as pessoas se questionassem. A história que Bonnie Finney contou aos elementos da comunidade que se revelaram curiosos foi trágica e sobre maus-tratos à sua neta, os quais já tinham morto o seu neto de forma brutal.

A escolha da cor azul foi para não esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos e para a lembrar constantemente para a sua luta na proteção das crianças contra os maus-tratos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *