Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Covelas, Póvoa de Lanhoso, inaugurou centro cívico da Rita

Intervencao Sr Presidente da CMPL 2

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e o Presidente da Junta de Freguesia de Covelas inauguraram a requalificação do centro cívico da Rita.

Os trabalhos envolveram, de entre outros aspetos, a construção de um muro de suporte com gradeamento, a pavimentação em calçada de passeios e de zona de estacionamento, a colocação de bancos, o ajardinamento e a construção de uma paragem de autocarros, de entre outros aspetos.

A cerimónia começou com o descerrar da placa. Coube ao pároco, Padre Rafael Poças, benzer o local, ao final da manhã de domingo passado, dia 26 de março. Depois seguiram-se as intervenções das entidades oficiais, a que assistiram dezenas de Covelenses, apesar da chuva.

Destacando que, em 12 anos de Presidência da Câmara Municipal, esta foi a obra mais polémica dos seus mandatos, Manuel Baptista salientou: “Sinto-me orgulhoso de ter feito esta obra”.

O autarca Povoense revelou que acompanhou o andamento dos trabalhos quase diariamente e dedicou esta obra aos Covelenses, em geral, e ao ex-Presidente de Junta, Jaime Oliveira, em particular. “Esta requalificação, a pedido da Junta, é também uma homenagem a si. Porque o senhor muito deu a esta terra”, salientou Manuel Baptista, de entre outras considerações àquele que dirigiu os destinos da freguesia durante mais de 30 anos.

O Presidente da Junta de Covelas, Manuel Freitas Fernandes, salientou que, ao longo do mandato nunca fizeram inaugurações. “Fazemo-lo hoje, porque entendemos que esta requalificação do centro cívico da Rita, pela sua beleza, merecia-o”, afirmou, recordando que, no dia 3 de janeiro de 2014, a antiga estrada nacional 103, na Rua da Rita, ruiu. “Desde esse dia, com o apoio da Câmara Municipal, sempre pressionámos as Infraestruturas de Portugal com vista à mais rápida e eficaz resolução deste problema. Em 12 de fevereiro de 2015, foi promulgado o acordo entre as Infraestruturas de Portugal e a Câmara Municipal, que acabou com a cedência da Rua da Rita à Câmara Municipal. Daí para a frente a Junta de Freguesia abordou de forma muito séria a Câmara Municipal para que essa obra fosse executada e aqui estamos a inaugurá-la”.

Em seu entender, “tratava-se de uma grande intervenção, uma intervenção arrojada como a definíamos. Estamos certos que esta é uma obra que marcará o nosso mandato”. Para o autarca, “todos os Covelenses sentirão um orgulho imenso com esta realização. Queiramos ou não será sempre a sala de visitas da freguesia”. Finalizando, agradeceu à Câmara Municipal pela aceitação desta pretensão “e pelo total apoio concedido já que Covelas merecia uma obra desta dimensão”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *