Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Póvoa de Lanhoso assinalou o Dia Municipal para a Igualdade

Sessao com empresarios 1

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e o GRACE – Grupo de Apoio e Reflexão à Cidadania Empresarial, a maior Associação de Empresas no país, assinaram um protocolo com vista a reforçar a aposta na promoção da Cidadania e Igualdade no Concelho, nas mais diversas áreas da Sociedade. Este momento inseriu-se no âmbito das comemorações do Dia Municipal da Póvoa de Lanhoso para a Igualdade (23 de março).

Este protocolo tem pois como finalidade promover a cooperação entre a Câmara Municipal e o GRACE, com o fim de canalizar recursos empresariais para necessidades do território da Póvoa de Lanhoso e, principalmente, sensibilizar o tecido local para o papel e importância do exercício pleno de cidadania.

De forma a assinalar esta data na Póvoa de Lanhoso, o GRACE desenvolveu diversas sessões de informação: no dia 22, pelas 16h00, um fórum subordinado ao tema do “Voluntariado Corporativo” e dirigido 20 a colaboradores/as da Autarquia e Voluntários/as inscritos/as no Banco de Voluntariado Local; no mesmo dia, pelas 20h00, uma nova intervenção subordinada ao tema da “Responsabilidade Social nas Empresas” dirigida a cerca de 30 empresários/as do concelho; no dia 23, pelas 10h00, um Workshop sobre “Desenvolvimento Sustentável” em que participaram cerca de 50 alunos/as do Ensino Secundário Profissional; e, na mesma data, pelas 14h00, uma palestra sobre “Economia Social nas IPSS’s” em que participaram 12 técnicas representantes de IPSS´s, integradas na Rede Social do Concelho.

Ainda de modo a assinalar o Dia Municipal para a Igualdade (23 de março), a Câmara Municipal, através do SIGO – Serviço para a promoção da Igualdade de Género, lançou o Concurso Fotográfico “+Igualdade, +Cidadania”.

Embora a nível global o Dia Municipal para a Igualdade seja assinalado a 24 de outubro, desde 2012 que, no âmbito da realização do Plano Municipal para a Igualdade, o Município Povoense instituiu o Dia Municipal para a Igualdade no Concelho a 23 de março, por ter sido esta a data indicada como a do início da Revolução protagonizada por uma mulher em tempos de homens, a nossa heroína, Maria da Fonte.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *