Economia, Mangualde

Mangualde atraiu investimento e potenciou parcerias

mangualde fef (2)

Nos dias 24 e 25 de março, o município de Mangualde deu a conhecer aos potenciais investidores as mais-valias do concelho na Feira de Empreendedorismo e Franchising de Lisboa. Representada pelo CIDEM (Centro de Inovação e Dinamização Empresarial de Mangualde), a autarquia deu a conhecer os recursos naturais, a população, a escolaridade, o emprego, as atividades económicas e o património do concelho e conseguiu atrair investimento e potenciar parcerias com os organizadores do evento e outros expositores. O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, marcou presença no evento, onde teve a oportunidade de reunir com o responsável da zona do Empreendedorismo, Miguel Cordeiro.

Esta feira é um ponto de encontro entre empresários, empreendedores e entidades de apoio ao empreendedorismo, e contou com mais de quatro mil visitantes e uma centena de expositores relacionados com as áreas do empreendedorismo e do franchising.

CIDEM APOIA A CRIAÇÃO E A FORMAÇÃO DE VALOR
Através de serviços de informação para a gestão, apoio a novos negócios, consultoria e formação, gestão de projetos e organização de eventos, o CIDEM tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de Mangualde, apoiar a atividade económica, promover iniciativas e negócios entre empresas, apoiar a inovação e a criação de valor com base em recursos endógenos e no valor acrescentado (valor total 51% valor mercado), ser uma marca de referência na prestação de serviços a empresas e empreendedores, mobilizar energias entre agentes económicos, disponibilizar às empresas uma ferramenta informática de apoio à gestão e favorecer a atração e aplicação de investimentos produtivos.

Neste espaço os empreendedores podem encontrar informação de negócios (recurso a uma rede de contactos e negócios através de plataforma dedicada (e-PIN) para troca de informações entre empresas com ligações comerciais ou com potenciais interesses comuns), bolsa de ideias e projetos (constituição de uma bolsa de propostas de investimento com aplicabilidade e interesse para o território, disponível aos interessados em desenvolver ou partilhar projetos de investimento), acompanhamento de projetos (equipa multidisciplinar para elaboração, assessoria e monitorização de programa de incubação de projetos, nas áreas Jurídica, Gestão/Financiamento, Produto/Processo, Mercado/Marketing), soluções de financiamento (promoção do investimento produtivo através de instituições financiadoras parceiras, da gestão de Vales Incubação (acreditação IAPMEI) e investidores particulares interessados nos projetos), interface com o tecido empresarial (promoção de contactos entre a rede escolar local, o ensino superior, o mercado de trabalho e as empresas, partilha de informações de procura/oferta e identificação de perfis empreendedores), contactos institucionais (desenvolvimento de redes de contactos e de relações de cooperação com instituições públicas e privadas, no domínio dos licenciamentos, patentes, estudos e ensaios, tecnologias e processos) e ­ Comité Consultivo (existência de um Comité/Conselho Consultivo formado por empresários, gestores, professores e entidades para apoiar o CIDEM na definição das estratégias, plano de atividades e balanço final).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *