Cultura, Guimarães, Sociedade

Alunos da UMinho e EUA mostram “Teatro para a Integração” em Guimarães

unnamed

Os estudantes de Teatro da Universidade do Minho e de cursos da Buffalo State University (EUA) apresentam esta sexta-feira, dia 24 de março, entre as 11:30 e as 12:30 horas, dois espetáculos teatrais, dois vídeos e uma instalação, na Biblioteca Raul Brandão, em Guimarães, num inovador projeto de teatro que tem o apoio dos Serviços da Ação Social da Câmara de Guimarães, do programa “Guimarães Acolhe” e do Instituto de Letras e Ciências Humanas (UM).

Com entrada livre, este é o culminar do projeto conjunto “Teatro para a Integração”, onde é abordada a situação dos refugiados em Portugal e nos EUA. Durante os trabalhos, houve uma reflexão de como as artes podem ajudar a desenvolver maior consciência das histórias dos refugiados e de como os projetos artísticos podem promover uma maior inclusão dos refugiados nos países para os quais viajam. No final da sessão, decorrerá um debate com o público, coordenado pela professora Francesca Rayner, da Universidade do Minho.

Uma instalação (krafts) é uma manifestação artística contemporânea composta por elementos organizados num determinado ambiente. Pode ter um carácter efémero (só “existir” na hora da exposição) ou pode ser desmontada e recriada noutro local. Uma instalação pode ser multimédia e provocar sensações táteis, térmicas, odoríficas, auditivas, visuais, entre outras. O termo instalação foi incorporado no vocabulário das artes visuais na década de 1960.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *