Arouca, Cultura

Mosteiro de Arouca acolhe concerto com peças inéditas dos seus livros de música

Pela primeira vez, serão ouvidas ao vivo algumas das peças contidas nos livros de música do Mosteiro de Arouca. A Capella Musical Cupertino de Miranda traz ao belíssimo Cadeiral do Mosteiro algumas das jóias da música renascentista portuguesa, apresentando algumas obras pela primeira vez. O concerto, com entrada livre, terá lugar no próximo sábado, 25 de março, a partir das 19:00, no Cadeiral do Mosteiro de Arouca.

Enquanto alcançava a linha dianteira no contexto geopolítico mundial, Portugal vivia, nos séculos XVI e XVII, um momento único de criação artística, internacionalmente aclamado como a “Idade de Ouro” da música portuguesa. Para celebrar e retomar esta tradição, alicerçada num núcleo de compositores de renome mundial como Duarte Lobo (c.1565-1646), Manuel Cardoso (1566-1650), Filipe de Magalhães (c.1571- 1652) ou Pedro de Cristo (c.1550-1618), a Fundação Cupertino de Miranda lançou, em 2009, a Cappella Musical Cupertino de Miranda. Deste modo, a Fundação Cupertino de Miranda assumiu como uma das suas missões fundamentais a divulgação do riquíssimo repertório
da Música Renascentista Portuguesa.

Com uma média anual superior a quinze concertos, realizados pela Cappella Musical Cupertino de Miranda em ambientes selecionados e adequados, tanto a nível histórico como acústico – em particular em Igrejas Barrocas, que representam uma realidade verdadeiramente grandiosa no património artístico do Norte de Portugal –, a difusão da Polifonia do Renascimento tem sido uma prioridade na programação da Fundação Cupertino de Miranda. Neste contexto, a Cappella Musical (constituída por oito elementos com formação académica específica e uma relevante experiência coral, sob direção artística de Luís Toscano) apresentou já cerca de uma centena e meia de obras, incluindo mais de cinquenta estreias modernas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *