Lousã, Sociedade, Turismo

10 Aldeias da Lousã concorrem às 7 Maravilhas de Portuga

Casal Novo 2

O Município da Lousã candidatou dez aldeias à iniciativa 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias, um dos maiores ícones de promoção turística nacional, organizado pela sociedade denominada EIPWU, Lda.

Num processo que envolveu também as Juntas de Freguesia do Concelho, as aldeias de Vale Nogueira (categoria Aldeias Autênticas), Aldeias do Xisto do Candal, Casal Novo, Cerdeira, Chiqueiro e Talasnal (categoria Aldeias Autênticas e Aldeias em Áreas Protegidas), Serpins e Foz de Arouce (categoria Aldeias Monumento), Gândaras (categoria Aldeias Rurais) e Casal de Ermio (categoria Aldeias Ribeirinhas) são as apostas da Lousã nesta eleição, representando um total de 15 candidaturas.

Luís Antunes, Presidente da Câmara Municipal, explicou que “Participamos neste processo conscientes do valor das candidaturas apresentadas. A estratégia que definimos, em parceria com as Juntas de Freguesia, passa por concorrer com várias aldeias, tendo como objetivo promover o município e a região de forma mais integrada e abrangente”.

A participação nesta eleição insere-se também na estratégia de promoção do território e tem em consideração a visibilidade acrescida à marca Lousã conferida pela mesma.

As candidatas às 7 Maravilhas de Portugal® são organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que três aldeias por região. As categorias são: Aldeias Monumento; Aldeias de Mar; Aldeias Ribeirinhas; Aldeias Rurais; Aldeias Remotas; Aldeias Autênticas; e Aldeias em Áreas Protegidas. Qualquer aldeia pode candidatar-se em múltiplas categorias. As candidaturas decorrem até 14 de Março de 2017.

Este projeto conta com o apoio institucional do Gabinete do Ministro Adjunto, da Secretaria de Estado do Turismo, do Turismo de Portugal, da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, Federação Minha Terra, e Associação Portugal Genial.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *