Destaque, Economia, Estarreja

Município de Estarreja e AICEP associam-se para promover o Eco Parque Empresarial no estrangeiro

IMG_8710s

Estarreja “é um dos municípios mais internacionalizados do país e que tem captado mais investimento”. As palavras são de Miguel Frasquilho, Presidente da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, que esteve em Estarreja para formalizar uma parceria com o Município de Estarreja.

O Presidente da AICEP, Miguel Frasquilho, e o Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, assinaram no dia 22 de fevereiro, o protocolo que no fundo vem formalizar a cooperação já existente entre as duas entidades e que assenta na promoção do Eco Parque Empresarial de Estarreja e do concelho estarrejense no estrangeiro.

Miguel Frasquilho sublinhou ainda que Estarreja “tem um rácio de cobertura das importações pelas exportações dos mais elevados que há no país”. Nesta balança onde se pesam os fatores para a sua diferenciação, “o concelho é um exemplo porque tem atuado muito bem para se internacionalizar e para captar investidores para poder criar cada vez uma maior massa crítica para a internacionalização”.

Competitividade é uma das forças do concelho. Aos olhos do responsável máximo da AICEP, Estarreja é um concelho “bastante competitivo”, dadas as valências em múltiplas áreas: fiscais, infraestruturas, qualificação dos recursos humanos e acessibilidades.

Diamantino Sabina vê na AICEP “o parceiro estratégico naquilo que queremos para o Eco Parque Empresarial de Estarreja”, cujas “condições são excecionais. A AICEP reconhece-o e somos sempre um local a visitar pelos investidores estrangeiros”, afirmou o autarca. As visitas de potenciais investidores é fruto desse trabalho de promoção no estrageiro e Diamantino Sabina adianta que “a procura é grande, o interesse dos investidores estrangeiros em Portugal é considerável”. Em Estarreja encontram “um parque empresarial de última geração, atrativo e com excelentes acessibilidades”, enumerando apenas algumas das suas qualidades.

Conforme referiu o Presidente da AICEP, “viemos formalizar essa cooperação que tem dados excelentes resultados para o município” ao juntar as duas entidades em ações de internacionalização e de investimento. O protocolo oficializa a consolidação e dinamização de ações de apoio ao desenvolvimento económico e empresarial do concelho de Estarreja, tendo como fim último contribuir para a competitividade das empresas de Estarreja, assegurando um ambiente favorável ao seu crescimento.

Cabe à AICEP “atrair investidores para o território nacional e a fixação já tem a ver com o que os municípios possam oferecer”, lembrou Miguel Frasquilho.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *