Albergaria-a-Velha, Educação

Programa de Empreendedorismo de Albergaria-a-Velha envolve todos os ciclos de ensino

16665000_1226704370746359_1916732447010322690_o

Mais de 230 alunos do ensino secundário e profissional de Albergaria-a-Velha assistiram ontem, no Cineteatro Alba, a uma palestra com Marta Baeta, uma empreendedora social que tem desenvolvido um programa de apoio para crianças na maior favela do mundo, Kibera, no Quénia.

A viver no Barreiro com os pais, Marta Baeta decidiu fazer voluntariado em África, em 2012, tinha 25 anos. Partiu para Nairobi, a capital queniana, para ensinar matemática a crianças dos três aos seis anos, em Kibera. Acabou por desenvolver um projeto internacional de ajuda comunitária, “From Kibera with Love”, que permite a dezenas de crianças frequentar a escola. E tudo começou a partir da venda de porta chaves e artesanato no Facebook.

A experiência contada por Marta Baeta é mais um exemplo de iniciativas empreendedoras e testemunhos que têm vindo a ser apresentadas a mais de 800 alunos dos agrupamentos de escolas de Albergaria-a-Velha, durante o ano letivo 2016/2017.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Câmara Municipal desenvolve o programa “Empreendedorismo nas Escolas”, convidando os alunos a preparar atividades, jogos ou ideias de negócio, que depois serão mostradas à comunidade em maio e junho, no âmbito da Feira de Empreendedorismo Júnior e do Concurso de Ideias de Negócio.

O objetivo, refere o Presidente da Autarquia, “é fomentar nos alunos o espírito de iniciativa, impulsionando atitudes proativas em relação aos desafios que vão encontrar ao longo da vida”. António Loureiro explica que um aluno que saiba como funcionam as empresas, que tenha conhecimentos básicos sobre o desenvolvimento de produtos, que saiba falar em público e expor as suas ideias, tem mais hipóteses de ter sucesso ao longo do seu percurso académico e profissional.

A participação dos alunos e das turmas no Programa de Empreendedorismo Escolar é voluntária e acordada no início do ano letivo. O programa integra alunos de todos os ciclos de ensino dos Agrupamentos de Escolas de Albergaria-a-Velha e da Branca e do Colégio de Albergaria.

No 1.º Ciclo, as crianças encontram-se a resolver diversos desafios com o objetivo de criar um jogo sobre empreendedorismo. No 2.º e 3.º Ciclo, os alunos desenvolveram um negócio, com a criação de produtos, que depois apresentam na Feira de Empreendedorismo Júnior, que decorre em maio.

Os alunos do Ensino Secundário e Profissional preparam projetos empresariais em torno de produtos inovadores que podem apresentar no Concurso de Ideias de Negócio. O concurso, que passa por várias fases, culmina com a apresentação pública dos projetos, no Cineteatro Alba, e a avaliação por um júri independente. Este ano as três melhores ideias serão premiadas com missões de empreendedorismo a Madrid, Lisboa e S. João da Madeira.

O Programa de Empreendedorismo Escolar envolve 46 turmas e 32 professores dos quatro ciclos de ensino, 1.º, 2.º 3.º, Secundário e Profissional. No total estão envolvidos mais de 860 alunos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *