Cultura, Destaque, Póvoa de Varzim

Escola de Música da Póvoa de Varzim promove Masterclasse de Flauta

Escola de Música promove Masterclasse de Flauta

A Escola de Música da Póvoa de Varzim (EMPV) organiza a 4ª Masterclasse de Flauta Transversal com o professor Gil Magalhães, que terá lugar no Auditório Municipal, nos dias 25 e 26 de fevereiro.

A Masterclasse destina-se aos alunos da EMPV e encontra-se aberta a alunos executantes (20 euros) e ouvintes (5 euros).

Os interessados devem inscrever-se junto da Escola de Música, onde também terão acesso a todas as informações. Podem contactar através do endereço eletrónico: dp.empv@gmail.com

A Masterclasse de Flauta Transversal tem como objetivos: contribuir para o desenvolvimento técnico-artístico dos alunos, incentivar a troca de opiniões e diferentes conceitos partilhando experiências musicais individuais e coletivas, motivar o progresso na aprendizagem, fomentar hábitos de estudo regulares através do contato com diversas metodologias e projetar a Escola de Música e o concelho da Póvoa de Varzim no panorama musical nacional.

Gil Magalhães nasceu no Porto em 1974, tendo iniciado os estudos musicais com o seu pai, José Magalhães, aos 9 anos. Optou pela flauta transversal aos 13 anos, ingressando no Conservatório de Música do Porto e concluindo três anos mais tarde o curso de flauta na classe do professor Olavo Barros. Prosseguiu os seus estudos e frequentou Masterclasses com Wendy Quilan, Sabina Laurain, Aurele Nicolet, Felix Ren-ggli, entre outros. Licenciado em Flauta Transversal na classe do professor Eduardo Lucena, na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, concluiu a sua licenciatura com elevada classificação. Atualmente, no âmbito do curso de investigação conducente ao grau de Doutor em Performance Musical na Universidade de Aveiro, prepara a sua dissertação de tese de Doutoramento.

Em 2003 recebeu o convite do Maestro Enrique Batiz para, na qualidade de Flautista Co principal, integrar a Orquestra Sinfónica do Estado do México, na temporada 2004. Desde 2006, juntamente com o guitarrista Carlos Lima, forma o “ExpressOriente Duo”, projeto dedicado à música contemporânea e novas sonoridades. É desde 2008 1º Flauta da Orquestra da Universidade do Minho. É professor de Flauta Transversal, Técnicas de Interpretação e Música de Câmara no Departamento de Música do Instituto de Línguas e Ciências Humanas da Universidade do Minho, na Academia de Música Valentim Moreira de Sá em Guimarães, no Conservatório de Música e Escola Profissional de Artes da Jobra — Branca, e Maestro/Diretor Artístico da Banda de Música da Sociedade Musical de Arcos de Valdevez. Gil Magalhães toca com flautas Sankyo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *