Economia, Vila do Conde

Vila do Conde tem mais empresas, maior volume de faturação e menos desemprego

DCIM100GOPRO

A Câmara Municipal de Vila do Conde, fruto de um trabalho realizado com o cruzamento de 6 estudos, nomeadamente da Marktest, da InformaD&B, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) da Área metropolitana do Porto (AMP), Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e do Instituto Nacional de Estatística (INE), constata que de uma forma concreta e objetiva se pode concluir que nos últimos 3 anos, no Concelho de Vila do Conde, registaram-se variações positivas no que concerne ao número de empresas instaladas bem como no volume de faturação associado a essas empresas e que a taxa de desemprego verificada no Concelho é inferior às médias do Distrito e do País.

Efetivamente, Vila do Conde é o único Concelho da Área Metropolitana do Porto onde, entre 2011 e 2014, o número de empresas sedeadas no respetivo Concelho cresceu. De acordo com dados do INE e mantendo a tendência verificada em anos anteriores, em 2015 foram constituídas mais 3,6% de empresas, valor consideravelmente superior à média nacional.

No que respeita ao Volume Global de Negócios gerado pelas empresas com sede no Concelho de Vila do Conde, em 2014 atingiu os 1.607 mil milhões de euros. Em 2015 verificou-se um crescimento de 7,7% fazendo com que o valor global de faturação atingisse os 1.732 mil milhões de euros. Relativamente à dimensão das empresas com sede no Concelho, à semelhança do que se verifica no País, predominam as empresas que têm menos de 9 funcionários, representando 84% do total. As empresas com mais de 250 funcionários representam 0,5% do universo de todas as empresas Vilacondenses.

Em relação aos dados oficiais sobre a evolução da taxa de desemprego, o valor médio mensal mais elevado registou-se em 2012 com 5. 821 desempregados, a partir daí registou-se uma descida acentuada, tendo este valor atingido em 2016, 3.764 desempregados, o que corresponde a uma descida do número de desempregados na ordem dos 35%. A taxa de desemprego que se verifica em Vila do Conde é inferior à verificada no Distrito do Porto e em todo o território nacional.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *