Destaque, Estarreja, Sociedade

Estarreja é um Município sustentável

ecoxxi_2016

Estarreja volta a vencer a Bandeira Verde ECOXXI, que premeia o empenho dos Municípios em torno das boas práticas de sustentabilidade. Pelo sexto ano consecutivo, a Câmara Municipal apresentou a sua candidatura e foi, mais uma vez, bem-sucedida na conquista do galardão.

Entre 46 candidaturas apresentadas, 43 municípios foram distinguidos com a Bandeira Verde ECOXXI na 10ª edição do programa promovido pela Associação Bandeira Azul. “Todos os 46 municípios que participam no ECOXXI merecem, independentemente dos resultados obtidos, ser reconhecidos pela “coragem” de se proporem a uma avaliação das suas práticas e políticas em termos de sustentabilidade”, sublinha Margarida Gomes, Coordenadora Nacional do ECOXXI.

Com um índice médio de 62% nas 6 candidaturas que apresentou desde 2011, Estarreja sempre superou os requisitos necessários para ver reconhecida a implementação das suas boas práticas que valorizam a construção do Desenvolvimento Sustentável, alicerçado em dois pilares: a educação no sentido da sustentabilidade e a qualidade ambiental. Pela avaliação a que se submete e pelos resultados que tem atingido, Estarreja é desta maneira um bom exemplo e continua a apostar no futuro e em políticas de sustentabilidade.

 

Aposta na sustentabilidade

Na edição de 2016, o empenho de Estarreja é mais uma vez reconhecido ao atingir uma pontuação de 62%, estando no grupo de dezassete municípios com um índice ECOXXI entre os 60% e os 70%.

Este galardão procura, através de um sistema de 21 indicadores de sustentabilidade, avaliar o desempenho dos municípios em 13 temas chave: educação ambiental, sociedade civil, instituições, conservação da natureza, ar, água, energia, resíduos, mobilidade, ruído, agricultura, turismo e ordenamento do território.

Estarreja destaca-se em vários indicadores de forma muito positiva: Educação Ambiental; Informação Disponível aos Munícipes; Cooperação com a Sociedade Civil; Conservação da Natureza e Biodiversidade; Qualidade da Água para Consumo Humano; Valorização do Papel da Energia na Gestão Municipal.

Aos olhos do Vereador da Câmara Municipal, João Alegria, “este é o reconhecimento do trabalho que o Município de Estarreja tem vindo a realizar de forma sustentada para que as boas práticas ambientais façam parte do dia-a-dia da comunidade, contribuindo para que a nossa terra seja o melhor local para se viver e se continue a construir um mundo sustentável, indispensável para o nosso futuro.”

 

Projeto Eco-Escolas em todas as escolas do concelho

Salientando que este trabalho apresenta bons resultados, expresso na obtenção da pontuação máxima em dois indicadores – a Qualidade da Água para Consumo Humano e a Educação Ambiental -, João Alegria sublinha que neste indicador “merece realce a implementação do Projeto Eco-Escolas, pela primeira vez em todas as escolas do Concelho, que receberam no início deste ano letivo o Galardão da Bandeira Verde Eco-Escolas, e que traduz o envolvimento das diversas comunidades escolares dos diferentes níveis de ensino, bem como de toda a comunidade educativa. O futuro mais sustentável começa-se a construir com as gerações mais novas que desafiam e envolvem os adultos no cumprimento das boas práticas ambientais.”

A Cerimónia ECOXXI 2016, que distinguiu os 43 municípios, realizou-se no dia 25 de novembro, em Coimbra, com o apoio da CCDRC – Comissão de Cooperação e Desenvolvimento Regional do Centro. Recorde-se que a Região Centro foi a que apresentou a maior participação de municípios em 2016 (35%).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *