Albergaria-a-Velha, Sociedade

Câmara Municipal atribui apoio extraordinário a IPSS de Albergaria-a-Velha

subsidios_ipss_1

A Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha aprovou, por unanimidade, em reunião de Câmara, na quarta-feira, a atribuição de um subsídio extraordinário no valor de 117 500 euros a 11 IPSS do Concelho. Os primeiros apoios foram entregues esta manhã, nos Paços do Município.

A Autarquia dispõe de um Programa de Apoios a Instituições Particulares de Solidariedade Social, que contempla iniciativas ao nível do apoio técnico; cedência de terrenos; investimento; aquisição de viaturas; desenvolvimento de iniciativas e projetos de caráter permanente e continuado; e ainda pequenas iniciativas e projetos de caráter pontual na área social.

Para além desse programa, são celebrados protocolos que contemplam as áreas de inclusão social (Incluir+), fornecimento de refeições escolares, envelhecimento ativo (Programa Idade Maior), promoção de ações para as crianças (Programa Municipal de Educação), bem como a cedência de instalações e recursos humanos nas ações dinamizadas.

O subsídio extraordinário agora concedido visa impulsionar o desenvolvimento de ações noutras áreas. Através deste apoio, a Câmara Municipal pretende incentivar e promover a partilha do conhecimento intergeracional e a preservação de artes e culturas; a partilha de atividades entre instituições; a promoção da terceira idade, na busca de um envelhecimento ativo, saudável e integrado; e a valorização das atividades que incluam todos os grupos etários que se encontram abrangidos pelas respostas sociais típicas e por outras, de caráter pontual ou sistemático, destinadas a colmatar fragilidades sociais identificadas.

Para a Vereadora da Ação Social, Catarina Mendes, “é importante reforçar o apoio às Instituições na medida em que estas são o garante da atuação em termos da resolução de problemas sociais de vária ordem, em primeira linha”. A Autarca salienta que “perante uma conjuntura social cada vez mais diversa e frágil, o Município reconhece e agradece este trabalho de proximidade com as populações, com um apoio financeiro extraordinário, pretendendo que o novo Programa de Apoio às IPSS, em fase de conclusão, contemple mais e melhor apoio”.

As IPSS são instituições constituídas por iniciativa particular, sem fins lucrativos, com o propósito de promover, de forma organizada, a solidariedade e justiça entre os indivíduos. As instituições não podem ser administradas pelo Estado ou pelas Câmaras Municipais, e devem ter por objetivo o apoio a crianças, jovens e famílias, a proteção dos cidadãos na velhice e invalidez e em todas as situações de falta ou diminuição de meios de subsistência ou de capacidade para o trabalho, promoção e proteção da saúde, educação e formação profissional dos cidadãos e resolução dos problemas habitacionais das populações.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *