Sintra, Sociedade

Palácio Nacional de Sintra com novo circuito de visita e loja

parques_de_sintra_recebe_silver_award_atribuido_pela_international_association_for_universal_design-noticia-grande

A Parques de Sintra tem em curso um conjunto de intervenções no Palácio Nacional de Sintra, para implementação de nova loja e novas instalações sanitárias, contemplando a alteração do próprio circuito na sua parte final, bem como a revisão do plano de acessibilidades para visitantes com mobilidade condicionada.

As intervenções estão concentradas em torno do Pátio do Leão, um pátio medieval que data do século XV-XVI e que, com a alteração do circuito de visita, abre pela primeira vez à fruição do público. Por outro lado, esta alteração permitirá um acesso mais direto a outras zonas de elevado interesse, como o Jardim da Preta e as Hortas.

A obra, que teve a sua primeira fase no verão de 2016, diferenciou o percurso de entrada e de saída dos visitantes, que até então era o mesmo, gerando grandes dificuldades durante a época alta. O novo percurso de saída segue agora o eixo Sala dos Archeiros – Pátio Central – antiga Mantearia – Pátio do Leão – escadaria do Pátio do Leão – vestíbulo de acesso ao Terreiro e Jardim da Preta – Terreiro do Palácio.

Ainda neste primeiro momento das intervenções, procedeu-se à conservação e restauro das zonas de passagem entre o Pátio Central e o Pátio do Leão, assim como a escadaria exterior entre o Pátio do Leão e o Jardim da Preta. Foram igualmente revistas as instalações elétricas existentes, de forma a viabilizar a passagem do público pelas áreas do novo percurso. Foram ainda adquiridos equipamentos que permitirão a circulação de público com mobilidade condicionada pelo novo percurso de saída do Palácio, promovendo a inclusão e viabilizando o acesso deste público a um conjunto mais alargado de espaços do circuito museológico.

Numa segunda fase, correspondente à obra que teve início a 5 de dezembro (com conclusão prevista para o primeiro trimestre de 2017), irão ser criadas uma loja e instalações sanitárias na antiga Mantearia (onde, até ao início do século XX, eram guardadas as louças da mesa real). Esta nova loja, instalada num conjunto de salas atualmente desocupadas, que serão integralmente restauradas, virá complementar a loja já existente junto à bilheteira. Esta fase envolve ainda a conservação e restauro, à vista do público, do Pátio do Leão e do sobrejacente Pátio da Diana – de acordo com o conceito promovido pela Parques de Sintra “Aberto para Obras”.

Com início previsto para o segundo semestre de 2017, a obra da terceira fase de implementação do projeto envolverá a recuperação da antiga residência devoluta junto ao Pátio do Leão. Ao nível do Jardim da Preta, surgirão instalações de apoio à cafetaria e eventos programados nos Jardins do Palácio.

Sobre a Parques de Sintra – Monte da Lua

A Parques de Sintra – Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.

Em 2015, as áreas sob gestão da PSML (Parque e Palácio Nacional da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam aproximadamente 2.234.000 visitas, cerca de 87% das quais por parte de estrangeiros. Recebeu, em 2013, 2014, 2015 e 2016, o World Travel Award para Melhor Empresa em Conservação. São acionistas da PSML a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *