Destaque, Estarreja, Sociedade

Câmara Municipal de Estarreja reforça o apoio aos grupos de Carnaval

img_2605s

O aumento de subsídio aos grupos de Carnaval é uma das principais novidades do contrato programa assinado esta manhã pelo Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, e pelo Presidente da Associação de Carnaval de Estarreja (ACE), Pedro Mendes, e que formaliza a coorganização da edição de 2017 daquele que é um dos eventos mais emblemáticos do município estarrejense.

O protocolo que garante meios financeiros, logísticos e humanos para a organização ao Carnaval de Estarreja prevê um investimento financeiro global da Câmara Municipal na ordem dos 140 mil €. Neste valor total insere-se o subsídio à ACE (65 mil€), o apoio financeiro ao Troféu Nacional de Samba 2017 (12 mil€), a organização do Carnaval Infantil (incluindo a comparticipação financeira às instituições participantes – rondará os 14 mil€), a decoração do espaço público, divulgação, segurança, entre outros.

Numa parceria cada vez mais solidificada, a assinatura deste documento representa mais um elemento imprescindível na estratégia em curso de posicionamento e requalificação do evento, apostando num “carnaval renovado” e num “produto de qualidade”, sublinhou Diamantino Sabina. “Há espaço para o Carnaval de Estarreja crescer e não falta vontade à Câmara Municipal e Associação de Carnaval” para que tal aconteça.

Uma prova disso mesmo é o aumento da comparticipação aos grupos de Carnaval em mais 15€ por desfilante, chegando agora aos 110€ por cada elemento, e em mais 500€ por carro alegórico, perfazendo um apoio de 1750€ para a execução de cada carro. “Uma novidade de relevo neste Carnaval de 2017” valorizando o papel dos grupos em todo o processo, lembrou o Presidente da Câmara Municipal.

“Temos vindo a cimentar esse esforço de apoio aos grupos para colmatar algumas dificuldades” e, como tal, os protagonistas dos principais desfiles terão a “oportunidade para se apresentarem ainda melhor”, reforçou o Vereador da Cultura, João Alegria, que durante a sessão de assinatura avançou com as principais novidades da edição de 2017. E que passam por um “cuidado maior na programação – o cartaz será apresentado em janeiro -, na ambientação, decoração, envolvência do comércio local e divulgação”, tendo sempre presente um princípio fundamental, “envolver mais as pessoas”.

O documento assinado esta manhã constitui uma “importante ferramenta de trabalho sem qual seria impensável organizar o Carnaval” e tem permitido assegurar a estabilidade do evento. Ideias partilhadas pelo Presidente da ACE, Pedro Mendes, que se mostrou muito satisfeito com o aumento dos subsídios aos grupos, quando em 2013 se fixava nos 70€ por figurante, lembrou. “Visa a sustentabilidade financeira dos grupos e o aumento da qualidade do desfile”. Aos olhos de Pedro Mendes demonstra “a aposta séria do Município no Carnaval”.

“Estamos satisfeitos com o protocolo e com o anúncio de um espaço para a confeção dos carros alegóricos”, naquele que é “um passo de gigante e um sonho de alguns anos da comunidade estarrejense”, aplaudiu o porta-voz dos grupos, referindo-se à aquisição que a Câmara está a concretizar de um armazém localizado no largo do Esteiro de Estarreja para a execução dos carros alegóricos, melhorando substancialmente as condições de trabalho dos grupos carnavalescos.

Devidamente alinhado com a oferta cultural municipal enriquecendo a programação geral do evento, o cartaz do Carnaval prevê para os dias 26 e 28 de fevereiro (domingo gordo e terça de Carnaval) a realização dos principais corsos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *