Cultura, Vila do Conde

Presépio em renda de bilros em exposição nos Paços de Concelho de Vila do Conde

_mg_4590_a__3__nor_1_736_2500

Dando continuidade à iniciativa “A Peça do Mês” e dado que em dezembro se celebra o Natal, o nascimento de Jesus, o Museu de Vila do Conde selecionou um Presépio executado em renda de bilros.

A primeira representação do Presépio foi criada por São Francisco de Assis, no ano de 1223 (século XIII), numa gruta da floresta na região de Greccio, em Itália. De fato, São Francisco de Assis, idealizou, construiu e ornamentou o primeiro presépio em argila, recriando ou fazendo uma encenação do nascimento do Menino Jesus, com personagens representando: Maria, José, O Menino Jesus numa mangedoura de palhas, os três Reis Magos, e com a presença de alguns animais (boi e burro). Através desta representação, pretendia pôr em relevo a humildade e a pobreza, imaginar Jesus “tal como ele estava”, em absoluta privação de tudo, no presépio da gruta de Belém.

O hábito de fazer o Presépio e de ornamenta-lo dispersou-se por entre as principais Igrejas, Catedrais e Mosteiros da Europa durante a Idade Média, prolongando-se no período do Renascimento nas Casas Reais e Nobres.

Desde essa data, tornou-se uma tradição recriar o presépio na época do Natal.

Esta obra pode ser apreciada nos Paços do Concelho de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *