Celorico de Basto, Saúde

Dia Mundial da Diabetes celebrado em Celorico de Basto

_dsc0630

Uma das campanhas de sensibilização promovidas pela Unidade Móvel de Saúde de Celorico de Basto incide sobre a Diabetes por forma a consciencializar a população para a problemática. Ontem, 14 de Novembro, o Dia Mundial da Diabetes foi recordado com um rastreio oftalmológico e um rastreio da Diabetes, ações direcionadas à população local.

“O Município tem, através da UMS, vindo a sensibilizar e esclarecer as pessoas sobre os cuidados de saúde. Estes rastreios, que identificam os pequenos sinais ao nível do diagnóstico, mostram-se fundamentais e necessários para evitar problemas de saúde maiores e servem como um alerta para comportamentos mais ou menos saudáveis” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca ciente desta problemática destacou que “é preciso sensibilizar para prevenir quando sabemos que anualmente são diagnosticados cerca de 60 mil novos casos. Por isso, atuamos em parceria e em estreita interação com o nosso Centro de Saúde para que, em conjunto, possamos chegar a um maior número de pessoas e de facto, sensibilizá-los para a Diabetes”.

A sensibilização marcou o dia 14 de novembro com ações voltadas para todas as faixas etárias. Durante a manhã, cerca de 170 crianças do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto participaram na Rota da Diabetes. Um percurso à volta do Castelo de Arnoia que iniciou com uma aula de ginástica e terminou com uma pequena palestra sobre a diabetes. A tarde foi dedicada ao rastreio da diabetes e ao rastreio oftalmológico, duas ações muito participativas.

“Ver este número de pessoas a querer fazer o rastreio é muito positivo porque é indicativo que estão preocupadas com a saúde e que a sensibilização promovida pela UMS é a mais indicada” disse Helena Martinho, Coordenadora dos Serviços de Ação Social e Saúde do Município. De facto “é importante perceber, numa campanha tão participativa, que as pessoas estão cada vez mais interessadas pela sua saúde” disse.

As ações promovidas foram desenvolvidas pela UMS de Celorico de Basto numa parceria entre a Câmara Municipal e a UCC Mãos Amigas.

“As nossas ações de sensibilização procuram chegar a todas as faixas etárias, dos 8 aos 80. Começamos com os mais pequenos numa atividade que procurou incutir comportamentos saudáveis e conhecimentos sobre a Diabetes num local que bem nos identifica, o Castelo de Arnoia. As crianças são uma das melhores formas de levar a mensagem. Depois passamos para os rastreios e aqui refira-se, tendo em conta o tema lançado pela Federação Internacional da Diabetes “Olhos na Diabetes”, o rastreio oftalmológico já que a diabetes pode provocar danos na retina em cerca de 60% dos utentes e consequentemente pode levar à cegueira” disse Joana Teixeira, técnica da UMS.

Durante o mês de Novembro a UMS dará especial atenção à diabetes fazendo o rastreio da Diabetes a todos os utentes que se dirijam à UMS.

Paralelamente e em colaboração com o Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, este município participou na iniciativa “Tâmega e Sousa iluminado de azul” com a iluminação da Biblioteca Municipal Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, de 12 a 14 de novembro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *