Destaque, Nelas, Turismo

Dia Europeu do Enoturismo comemorado em Nelas

????????????????????????????????????

Foi com um enorme sucesso que decorreram em Nelas, dia 13 de Novembro 2016, as comemorações do Dia Europeu do Enoturismo, evento organizado pela Câmara Municipal de Nelas, em parceria com a Rede Europeia de Cidades do Vinho (RECEVIN) e a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV). Com o objectivo de sublinhar a cultura vitivinícola do Concelho, a Autarquia promoveu a iniciativa “PASSEAR O DÃO, CONCELHO DE NELAS”, ação que consistiu em dois percursos especiais e únicos que atraíram cerca de 100 pessoas provenientes de diversos pontos do país que tiveram a oportunidade de viajar e conhecer as tradições, cultura e história locais, num ambiente acolhedor e de grande convívio.

O programa do primeiro percurso, “Conhecer, Provar, Apreciar o Dão”, teve início na Quinta da Lagoa, Vale de Madeiros com uma visita às instalações, observação de um filme acerca do processo artesanal do queijo e uma degustação composta pelos diversos produtos de qualidade ímpar deste produtor, nomeadamente requeijão, queijo amanteigado, queijo de pasta semi-dura e mel, uma panóplia de sabores únicos que deliciaram todos os participantes. Seguiu-se uma visita ao Hotel Urgeiriça, unidade hoteleira histórica que se distingue pela sua decoração ao estilo clássico inglês e que durante o dia acolheu uma exposição dos trabalhos originais das artesãs locais Bernardete Marques e Lia Alvadia. O percurso continuou na Quinta do Carvalhão Torto, Nelas, com uma prova do seu excelente vinho, revelador da especificidade do “Terroir” local, terminando na Lusovini Wine Center, Nelas, cujas instalações foram reestruturadas recentemente, contando agora com um espaço de restauração, a Taberna da Adega, onde impera a cozinha da região num “casamento perfeito” com os vinhos do Dão.

O segundo percurso, “Lugares para Descobrir”, arrancou com a visita à Quinta da Fata, onde os participantes tiveram a possibilidade de conhecer a casa, construída no final do século XIX e que actualmente é um espaço privilegiado dedicado ao turismo rural, bem como as adegas onde é produzido o vinho “Quinta da Fata” reconhecido nacional e internacionalmente. O percurso continuou até à belíssima Vila de Santar, com início na Quinta do Sobral, onde os participantes conheceram as adegas, estrutura de vinificação, caves, laboratórios, engarrafamento e wine shop. Foi também ponto de visita a Casa de Santar, com uma passagem pela adegas, construídas em granito e que abrigam, num ambiente histórico, as mais modernas e avançadas infra-estruturas e tecnologia e onde se produzem vinhos de elevada qualidade. Este passeio culminou no Paço dos Cunhas, um dos solares mais antigos do Concelho, datado dos inícios do século XVII, com uma prova de vinhos na qual os participantes puderam apreciar dos melhores néctares que se produzem no Dão.

O Presidente da Câmara, José Borges da Silva juntou-se a esta iniciativa e agradeceu a presença e participação de todos, afirmando a importância destas ações na promoção do Vinho do Dão enquanto ex-líbris da região, reafirmando ainda a posição privilegiada que o Concelho de Nelas ocupa na Rota dos Vinhos do Dão, que se repercute na economia local com a fixação de novos investimentos privados e públicos, potenciais geradores de emprego qualificado para a região. O Presidente salientou ainda a importância do enoturismo enquanto incentivo ao consumo de produtos locais e promoção do vinho, gastronomia, cultura, equipamentos de restauração, hotelaria e comércio local, num envolvimento profundo entre os visitantes e o Concelho de Nelas.

Paralelamente a estas visitas guiadas, 10 Produtores de Vinho do Concelho (Caminhos Cruzados, Carvalhão Torto, Fidalgas de Santar, Lusovini, Paço dos Cunhas, Quinta da Boiça, Quinta da Fata, Quinta do Sobral, Quinta do Mondego e Vinhos Borges) estiveram, ao longo do dia, de Portas Abertas para provas e visitas às adegas, oferecendo aos visitantes a oportunidade de degustar sabores singulares que atestam a qualidade e prestígio dos Vinhos do Dão, resultado do empenho, esforço e dedicação dos Produtores e do Município, que contribuem cada vez mais para o desenvolvimento do sector vitivinícola da Região.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *