Albergaria-a-Velha, Sociedade

Albergaria-a-Velha angaria mais de 30 toneladas de papel e cartão para o Banco Alimentar Contra a Fome

albergaria-a-velha-angaria-mais-de-30-toneladas-de-papel-e-cartao-para-o-banco-alimentar-contra-a-fome

O Concelho de Albergaria-a-Velha ultrapassou, no final do mês de outubro, a marca das 30 toneladas de papel e cartão recolhidos no âmbito da campanha “Papel por Alimentos”. A Câmara Municipal associou-se ao projeto do Banco Alimentar Contra a Fome em julho de 2014 e, em 28 meses, conseguiu angariar 25,277 toneladas de papel e 5,136 toneladas de cartão, cuja receita da venda é depois convertida em géneros alimentares para os mais necessitados do distrito.

Os 40 postos de recolha adquiridos pela Autarquia encontram-se espalhados por vários locais do Concelho, incluindo equipamentos municipais, juntas de freguesia, Instituições Particulares de Solidariedade Social, instituições de ensino, associações locais e empresas. Por cada tonelada de papel e cartão recolhido, as empresas de recolha e tratamento de resíduos entregam entre 50 a 100 euros ao Banco Alimentar Contra a Fome. Em Albergaria-a-Velha o papel e cartão recolhidos renderam perto de 2500 euros.
A receita angariada é centralizada no Banco Alimentar Contra a Fome de Aveiro, que depois entrega cabazes de alimentos a várias instituições do distrito. Estas, por sua vez, fazem a distribuição pelas famílias mais necessitadas da sua área de intervenção.

A Probranca – Associação para o Desenvolvimento Sócio-Cultural da Branca, a Creche Helena Albuquerque Quadros, o Centro Social e Paroquial de Santa Eulália, a Associação Humanitária Mão Amiga, a Associação de Solidariedade Social de Alquerubim, o Centro de Dia para Idosos de Ribeira de Fráguas (Cediara), a Associação de Solidariedade Social Sanjoanense e os Grupos Cáritas Paroquiais de Albergaria-a-Velha, Angeja e Branca são as instituições do Concelho que recebem cabazes de alimentos do Banco Alimentar para distribuição. No total, apoiam 589 munícipes inseridos em 248 famílias. A Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Albergaria-a-Velha e o Centro Social e Paroquial de Angeja recebem também cabazes de alimentos, mas o apoio reverte para os próprios utentes das instituições.

Nos postos de recolha os munícipes podem entregar jornais/revistas, fotocópias, papel de rascunho, impressos, folhetos publicitários, envelopes, papel de fax, papéis timbrados, arquivo morto e manuais escolares desatualizados. A Câmara Municipal garante o transporte do material angariado até às instalações do Banco Alimentar Contra a Fome de Aveiro.

Quem quiser contribuir para a campanha “Papel por Alimentos” pode fazê-lo nos seguintes locais: Associação de Infância D. Teresa; Irmandade da Misericórdia de Albergaria-a-Velha; Associação de Solidariedade Social de Alquerubim; Centro Social e Paroquial de Santa Eulália; Fundação Creche Helena Albuquerque Quadros; Cediara; Associação Humanitária Mão Amiga; APPACDM; Solar das Camélias; Jobra – Associação de Jovens da Branca; Cáritas de Angeja; Cáritas de Albergaria-a-Velha; Agrupamento de Escuteiros de Albergaria-a-Velha; Agrupamento de Escuteiros de Angeja; Junta de Freguesia de São João de Loure e Frossos; Junta de Freguesia de Angeja; Junta de Freguesia da Branca; Junta de Freguesia de Alquerubim; Junta de Freguesia de Ribeira de Fráguas (recolha no Café Benchik); Colégio de Albergaria; Agrupamento de Escolas da Branca; Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha; Incubadora de Empresas; Biblioteca Municipal; Cineteatro Alba, Casa Municipal da Juventude, Piscina Municipal de Albergaria-a-Velha; Piscina Municipal de São João de Loure; Piscina Municipal da Branca; Arquivo Municipal; Cartório Notarial e nas empresas Fisola, Metalusa, Metalúrgica Areeiro e Valpel.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *