Alcoutim, Destaque, Turismo

Festival Gastronómico do Concelho de Alcoutim arranca no próximo fim de semana e celebra os Sabores de Outono

final-festival-de-gastronomia

Os restaurantes do Concelho de Alcoutim recebem nos fins de semana de novembro o III Festival Gastronómico do Concelho de Alcoutim “Sabores da Serra ao Rio” – Sabores de Outono convidando todos os visitantes a descobrir os aromas e sabores inconfundíveis do concelho de Alcoutim e a autenticidade da sua gastronomia.

Este festival insere-se, numa estratégia global da Câmara Municipal para fortalecer a promoção turística da região, e que o Presidente da Câmara Municipal, Osvaldo dos Santos Gonçalves, pretende que “promova a sua identidade, a sua cultura, a gastronomia do nosso concelho” de forma a contribuir para a economia local.

A Câmara Municipal quer surpreender os visitantes não só pela qualidade dos sabores ímpares da gastronomia local, mas também pelo património natural, histórico e cultural do município.

A gastronomia alcouteneja é rica e diversificada, mas simples, com as bases na famosa Dieta Mediterrânica, tendo a proximidade do rio Guadiana, a riqueza cinegética e a agricultura, praticadas no concelho de Alcoutim refletidas na sua gastronomia.

Dependendo da época do ano a refeição pode ser mais ou menos ligeira, apresentando propostas como, os cozidos à montanheiro ou de grão, ou jantares de grão ou de feijão, açordas, ensopados, migas ou pratos tão simples como os arjamolhos, as sopas de tomate, os gaspachos.

Os pratos de caça são distintos e muito apreciados; lebre, javali, o coelho, a perdiz, entre outros, são protagonistas da boa mesa alcouteneja durante a época de Outono e Inverno.

Nas zonas mais próximas do rio Guadiana, o peixe também é servido, nomeadamente a lampreia, a enguia frita ou em ensopado, o barbo e o muge em caldeiradas e as ovas de saboga fritas ou em salada.

A elaboração dos pratos é normalmente complementada com produtos da horta (frutas, legumes e hortaliças), e pelas e ervas aromáticas como orégãos, poejos, coentros, salsa, hortelã. Grãos, feijões, favas e ervilhas são igualmente muito utilizados.

Os doces são reis em Alcoutim, com bolos de massa de pão, de alfarroba, de figo, de laranja, de amêndoa, os nógados, filhós, folares e azevias, entre outros.

A complementar a oferta de produtos disponíveis da região destacam-se as aguardentes de figo e de medronho, o figo-da-índia e o mel.

Como reconhecimento da potencialidade da sua gastronomia o município de Alcoutim esta a promover o processo de certificação “Portugal Tradicional” referente ao “Nogado e Filhoses de Alcoutim” pretendendo incrementar a competitividade deste território, através da valorização dos seus recursos endógenos.

Por mais um ano, o Festival “Sabores da Serra ao Rio” – Sabores de Outono estará em destaque na IX Feira da Perdiz, em Martim Longo, no dia 12 de novembro, onde será apresentado pelas 18h00 o prato do “Festival Sabores da Serra ao Rio, Sabores de Outono”, a cargo da Chefe de Cozinha Milene Nobre, seguido do lançamento do livro “Modernidade e Tradição” do Chefe Vítor Ramos.

 

Para mais informações consultar o site da Câmara Municipal de Alcoutim www.cm-alcoutim.pt

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *