Guimarães, Sociedade

Guimarães é o berço do primeiro projeto europeu no acompanhamento permanente dos seus idosos

A prevenção e deteção de quedas, a localização de pessoas ao cuidado e cuidadores, a definição de zonas de segurança, o registo automático de incidentes e sua resolução, a realização de pedidos de entreajuda e reencaminhamento de ações entre cuidadores são funcionalidades que a solução tecnológica “Guimarães 3000” disponibiliza no acompanhamento permanente de idosos e que será estreado no concelho vimaranense, no âmbito do programa social “Guimarães 65+”.

Este projeto, resultado da celebração de uma parceria estratégica com a “Oncaring”, uma empresa do grupo Critical Software e da Abel Ribeiro da Silva SGPS SA, promove uma prática de cuidados individualizados que irá dotar toda a Rede Social de Guimarães – parceiros sociais e cuidadores, formais ou informais – com uma solução de base tecnológica visando tornar mais eficiente o acompanhamento de idosos que vivem sós ou em situação de isolamento.

A tecnologia utilizada é 100% portuguesa e será explorada de modo a cobrir, no espaço de três anos, a população idosa de todo o concelho de Guimarães, onde será criado um polo especializado em tecnologia avançada para o acompanhamento de idosos com diferentes tipos de autonomia.

O projeto pretende «demonstrar que o recurso às mais recentes tecnologias de apoio aos cuidados formais e informais fornecidos em regime domiciliário é o caminho que deve ser decisivamente trilhado para benefício de uma comunidade», conforme referiu a vereadora responsável pelo Departamento de Ação Social da Câmara de Guimarães, Paula Oliveira, acompanhada na sessão de apresentação pelo CEO da Oncaring, Luís Neves, e pelo Presidente da Abel Ribeiro da Silva, SGPS, Abel André Ribeiro da Silva.

De acordo com os registos estatísticos dos Censos 2011, estão identificadas em Guimarães 21.647 pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, 6.695 residem sós ou com pessoas do mesmo nível etário e 2.995 vivem em situação de isolamento. O perfil do idoso que beneficia do Programa “Guimarães 65+” tem entre 75 e 85 anos (33,87%), pertence ao sexo feminino (68,97%) e não frequenta nenhuma atividade social (64,77%).

Precisa de calçado ortopédico verifique na Lola

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.