Albergaria-a-Velha, Cultura

Câmara Municipal organiza 1.º Festival de Música e Criatividade Infantil de Albergaria-a-Velha

14080027_1242566005807941_2573359608956021125_n

O SAC – Serviço de Aprendizagem Criativa do Município de Albergaria-a-Velha apresenta, no fim de semana de 1 e 2 de outubro, a 1ª edição do Mi – Festival de Música e Criatividade Infantil de Albergaria-a-Velha, que vai ter lugar no Cineteatro Alba.

Dedicado aos mais novos, o evento visa promover a fruição da Cultura desde a infância, numa lógica de criação de novos públicos para as artes performativas, celebrando igualmente o Dia Internacional da Música. Para o festival foi criado o Passe Mi, com o preço de dez euros, que dá acesso a todos os espetáculos, com exceção das sessões “ZYG”.

Criações musicais, instalações, concertos e cinema dirigidos às crianças compõem o programa, que inclui ainda uma oficina para técnicos de animação, educadores e outros profissionais da área. Nas manhãs de sábado e domingo, a Companhia de Música Teatral apresenta “ZYG”, uma experiência artística dirigida a bebés, que potencia a descoberta dos sentidos e o instinto para a Arte num espaço cénico habitado por som. As sessões têm lugar às 10h30 e 11h15, no sábado, e às 11h15, no domingo. As sessões de sábado já se encontram esgotadas. Cada sessão é limitada a seis bebés, com um acompanhante, e o preço conjunto é quatro euros.

No âmbito do espetáculo será dinamizada na véspera, 30 de setembro, pelas 18h00, o workshop “Variações Sobre ZYG”, dirigido a técnicos de animação e serviços educativos, educadores e auxiliares de ação educativa. A oficina, que propõe uma reflexão sobre a importância das experiências artísticas na primeira infância, é de participação gratuita, mas limitada a 25 inscrições, que podem ser efetuadas através do endereço de correio eletrónico sac@cm-albergaria.pt. Até ao final de outubro estará também patente, na Sala de Exposições, o dispositivo cénico “ZYG – Instalação”.

Na tarde de sábado, 1 de outubro, pelas 15h00, a proposta é “Cantos Contos – Concerto Ultravioleta”, uma produção própria do SAC – Serviço de Aprendizagem Criativa. Num espetáculo encenado em luz negra, cruzam-se várias histórias infantis com música, levando as crianças numa viagem aos reinos do faz-de-conta.

A seguir, pelas 17h00, será apresentado “Tapete Mágico”, uma itinerância da Casa da Música. No palco da Sala Principal, operários de uma fábrica de tapetes viajam pelos seus sonhos, desejos e frustrações, vivendo aventuras sonoras dignas das mais belas histórias de encantar. O espetáculo é interpretado por Paulo Neto, que também dirige, por António Oliveira, responsável pela encenação, António Miguel Teixeira, David Valente e Miguel Ramos. “Tapete Mágico” é uma produção do Serviço Educativo da Casa da Música, do Porto. O preço de cada um dos espetáculos é de cinco euros e inclui a entrada de uma criança mais acompanhante. Por cada acompanhante ou criança extra, o preço adicional são três e dois euros, respetivamente.

A encerrar o Festival Mi, uma sessão de cinema com duas curtas de animação e uma longa-metragem. No domingo, dia 2 de outubro, pelas 17h00, o público pode ver as curtas “A Minha Casinha”, de Maria Raquel Atalaia, e “O Circo”, uma produção do Cineclube de Avanca. Segue-se a produção da Blue Sky Studios, “A Idade do Gelo: Big Bang”, que traz de volta os amigos Sid, Manny e Diego, sem esquecer o persistente Scrat, sempre à caça da melhor bolota. O bilhete normal de cinema custa três euros, sendo de dois euros para os portadores Cartão Amigo, Cartão Sénior Municipal, Cartão Municipal de Voluntário e Jovens SUB 23.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *