Cultura, Elvas, Sociedade

Elvas dá a conhecer a cidade e o seu património

press-trip

Mais de uma dezena de jornalistas, de órgãos de comunicação nacionais e da vizinha Espanha, estiveram hoje em Elvas, para conhecer a cidade Património Mundial e o seu património arquitetónico e cultural.

O objetivo da Câmara Municipal de Elvas é dar a conhecer os motivos que levaram à classificação de “Cidade-Quartel Fronteiriça de Elvas e suas Fortificações”, e que muito orgulha os elvenses, bem como a dinâmica da cidade, promovendo o que de melhor existe.

No âmbito desta visita a Elvas, os profissionais ficaram a conhecer, entre outros, a Igreja da Sé, o Castelo, o Aqueduto, as muralhas, o Centro Histórico, nas suas vertentes turística e comercial, tendo ainda sido recebidos, nos Paços do Concelho, pelo presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, que agradeceu a presença dos jornalistas e manifestou o seu desejo “de que gostem da cidade, que levem boas recordações e a divulguem”.
Nuno Mocinha abordou neste encontro dois temas principais: a classificação de Elvas como Património Mundial e as mais-valias que a mesma trouxe, nomeadamente no que respeita ao turismo, com o incremento do número de visitantes e turistas, desde essa data, o que se traduziu também no impacto na economia local; assim como o conceito da Eurocidade, que permitiu um relacionamento estreito com a cidade de Badajoz e a prossecução de projetos comuns na área da cultura, do desporto e da economia.
O autarca salientou ainda o facto desta visita se realizar “num dia muito importante para o concelho, o da 20 de setembro, cujo ponto alto é a Procissão dos Pendões, que atrai anualmente milhares de fiéis, àquela que é a maior romaria a sul do Tejo”, referindo que nestes dias de Feira de São Mateus passam pela cidade dezenas de milhar de pessoas.
Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *