Cultura, Guimarães

João Tordo em Guimarães na edição de setembro da iniciativa “Escritor no Concelho”

unnamed

O escritor João Tordo, também cronista, tradutor, guionista e formador em oficinas de ficção, esteve à conversa com Tito Couto, na Biblioteca Municipal Raul Brandão, esta quinta-feira, 15 de setembro, às 18 horas, na edição de setembro da iniciativa “Escritor no Concelho”, inserida no âmbito das comemorações dos 150 anos do Nascimento de Raul Brandão, que a Câmara Municipal de Guimarães está a promover até 2017.

Com livros publicados em França, Itália, Alemanha, Brasil, Sérvia, Croácia e Hungria, João Tordo nasceu em Lisboa em 1975, licenciou-se em Filosofia e estudou Jornalismo e Escrita Criativa em Londres e Nova Iorque. Em 2001, venceu o Prémio Jovens Criadores na categoria de Literatura. Publicou os romances “O Livro dos Homens sem Luz” (2004); “Hotel Memória” (2007); “As Três Vidas” (2008), que recebeu o Prémio Literário José Saramago e cuja edição brasileira foi, em 2011, finalista do Prémio Portugal Telecom.

Em 2010, publicou “O Bom Inverno”, finalista do prémio Melhor Livro de Ficção Narrativa da Sociedade Portuguesa de Autores e do Prémio Literário Fernando Namora e cuja tradução francesa foi selecionada para a 6ª edição do Prémio Literário Europeu; “Anatomia dos Mártires” (2011), finalista do Prémio Literário Fernando Namora; “O Ano Sabático” (2013); “Biografia Involuntária dos Amantes” (2014), finalista do Prémio Fernando Namora e do Prémio Melhor Livro de Ficção Narrativa da Sociedade Portuguesa de Autores; e, mais recentemente, “O Luto de Elias Gro” (2015) e “O Paraíso segundo Lars D.” (2015).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *