Felgueiras, Sociedade

Principal via de ligação entre as cidades de Felgueiras e Lixa reabilitada

en101

A empreitada concretiza-se desde a rotunda da variante (Moure) até à rotunda de acesso à Av. da República – (Lixa) e vem melhorar a circulação entre os dois principais centros urbanos do concelho.

Devido à intervenção recente com a instalação de infraestruturas de saneamento básico, nomeadamente a introdução de rede de saneamento e a realização de algumas ligações à rede de abastecimento de água, esta via ficou muito degradada.

O presidente da Câmara Municipal, Inácio Ribeiro, durante uma visita às obras, salientou que a execução das mesmas, são incómodas para população e para os utilizadores da via, durante os períodos de intervenção, mas são fundamentais para a melhoria da qualidade de vida das populações e garantem uma significativa melhoria e qualificação ambiental e paisagística.

Em virtude daquela intervenção a EN 101, que já possuía o piso com alguma degradação, ficou com o pavimento ainda pior, o que causava grandes transtornos aos automobilistas, e originava alguma insegurança para o transito e peões.

A intervenção que foi realizada, consistiu na substituição do piso de base,  mais degradado e mais fissurado, levando no final uma camada de desgaste em toda a largura da via, em tapete  betuminoso a quente, com 5 cm de espessura média, que garantirá que a esta via garanta um estado de conservação melhor, durante os próximos anos, até que seja realizada a intervenção de fundo nesta via de primordial importância para a ligação entre os dois polos mais importantes do concelhos – a cidade de Felgueiras e a Cidade da Lixa – cujo projeto se encontra em procedimento.

A realização desta obra implica ainda o levantamento das tampas de caixas de saneamento e de águas pluviais, bem como das cabeças móveis da rede de abastecimento de água, e a requalificação da sinalização horizontal desta via, por forma a garantir a segurança para todo o trafego que nela circula, sejam veículos e/ou peões.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *