Albergaria-a-Velha, Cultura

“Dos Modos Nascem Coisas” em Albergaria-a-Velha

14207619_1145913142118619_5685741256108224539_o

O “Dos Modos Nascem Coisas – Festival de Fazedores de Arte” regressa à Alameda 5 de Outubro, no centro da cidade de Albergaria, no fim de semana de 17 e 18 de setembro. É um evento cultural aberto à comunidade, que procura aproximar criadores e público, através de diversas atividades com acesso livre, como exposições, tertúlias, concertos, performances, circo e várias oficinas artísticas. “Dos Modos…” é uma organização da AlbergAR-TE – associação cultural, com o apoio do Município de Albergaria-a-Velha e da Junta de Freguesia de Albergaria-a-Velha e Valmaior.

Já no próximo sábado, dia 10, é inaugurada a exposição de Arte e Ofícios Contemporâneos, no Cineteatro Alba. A mostra, que reúne obras de diversos artistas contemporâneos como António Barros, Rui Anahory, Paulo Tanoeiro, Rosário Forjaz, Rui Azul, Mário silva, entre outros, é inaugurada pelas 17h00 e vai ficar patente ao público até dia 27. Integrada na mostra conta-se ainda um núcleo de obras de fotografia apresentadas pelo Mira Forum, um espaço de cultura e manifestações artísticas situado em Campanhã, no Porto.

No fim de semana do Festival, dias 17 e 18, a Alameda 5 de Outubro recebe o Mercado das Coisas, que se divide em Mercado de Proximidade, onde são apresentados produtos biológicos, regionais e tradicionais; Mercado do Novo e do Usado, vocacionado para as artes plásticas, artes visuais, artesanato urbano, design, joalharia, acessórios de moda, produtos gourmet, artigos vintage e em segunda mão; e o Mercado das Letras, onde se podem encontrar livros, edições de autor e pequenas editoras.

Em paralelo decorrem duas tertúlias “Entre o Tudo e o Nada”. No sábado, a partir das 17h00, aborda-se o processo de criação com o escritor Álvaro Magalhães, os pintores Ícaro e Henrique do Vale e o realizador e documentalista Jorge Campos. No domingo, à mesma hora, o tema é “Projetos d’Arte e Cultura” e os convidados são o Teatro Art’Imagem, do Porto, o Mira Forum, e o Teatro Ibisco, de Loures.
As oficinas artísticas – ateliers temáticos em que se pode participar mediante inscrição e pagamento de uma taxa – decorrem durante o evento e são muito variadas. Estão previstas as oficinas para Construção de forno em papel para cerâmica artesanal, com Cristina Camargo, (dia 17, 11h00-13h30 e 15h00-17h00; dia 18, 11h00-13h30); Escrita criativa, a partir da Exposição de Arte e Ofícios, com Ivone Almeida (dia 17, 14h00-17h00); Cinema “Filmar o coração de quem fala”, com António Costa Valente, do Cine Clube de Avanca (dia 17, 16h30-19h00); Desenho de Observação em Diário Gráfico, com Susana Nobre (dia 18, 15h00-17h30, em que os participantes devem levar lápis de grafite, caneta preta, e material de cor); Oficina de Danças Orientais, com Lili Brandão (dia 18, 15h00-18h00); e Oficina de Yoga, com João Cruz (dia 17, 17h00-18h00, e dia 18, 11h00-12h30).

Está ainda prevista uma oficina dirigida a Crianças e Famílias. Trata-se de L. A. P. I. S. 2B – Laboratório de Artes Plásticas e Imaginação, com a ilustradora Margarida Carreira (dia 17, 15h00-16h30, e dia 18, 11h00-12h30)

Integrado no “Dos Modos Nascem Coisas”, no sábado, 17, contam-se ainda as apresentações de Isaura, concerto gratuito no Espaço Café-Concerto do Cineteatro Alba, pelas 22h00; e Benjamim, na Alameda 5 de Outubro, pelas 23h00, também com entrada livre. O Festival encerra no domingo, por volta depois das 21h30, com a Orquestra Inquieta, um conjunto reunido para ocasião, com cerca de uma centena de músicos amadores ou de diversas coletividades locais, dirigido por David Calhau e David Valente.

Com a exceção das oficinas artísticas, cujas inscrições variam entre os cinco e os 15 euros, todas as atividades desenvolvidas no “Dos Modos Nascem Coisas – Festival de Fazedores de Arte” são gratuitas e decorrem na Alameda 5 de Outubro, a praça central da cidade de Albergaria-a-Velha, ou no Cineteatro Alba.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *