Oliveira de Azeméis, Turismo

Concurso recupera de novo tradições da doçaria de Oliveira de Azeméis

IMG_6511

A criação da categoria “Iguaria saudável 2016”, associada à luta contra a diabetes, é a novidade da 3ª edição do Concurso Municipal de Doçaria de Oliveira de Azeméis que se realiza nos dias 22 e 23 de outubro no pavilhão municipal António Costeira.

Numa ação preventiva e decorrente da adesão do município ao projeto Não à Diabetes, da Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal, o concurso será, segundo a organização, uma oportunidade para alertar as pessoas para a mudança de hábitos nefastos para a saúde através da redução de açúcares, farinhas e gorduras.

Na apresentação do evento, Hermínio Loureiro, presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, mostrou-se satisfeito pelo concurso de doçaria “enquadrar estas questões de saúde” sendo “uma forma de sensibilizar as pessoas para hábitos alimentares saudáveis”.

A autarquia oliveirense é, juntamente com Braga, o município piloto na implementação do projeto na área da Administração Regional de Saúde do Norte e se a aplicação do programa for positiva, “a experiência poderá ser replicada por todo o país”, disse a vereadora Gracinda Leal.

O concurso municipal de doçaria destina-se a promover, valorizar, criar, recriar e divulgar os doces genuínos de Oliveira de Azeméis, procurando introduzir “um toque de inovação” e privilegiando, na confeção, matérias-primas de Oliveira de Azeméis ou que, pelo menos, sejam transformadas no concelho.

“Este concurso elege a melhor iguaria, enriquecendo o projeto ‘Sabores de Azeméis’ que já conta com o Prémio Terra de Culinária 2105”, afirmou Manuel Tavares, presidente da Associação Comercial de Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra (ACOAVC), a entidade organizadora do evento, em parceria com a Câmara de Oliveira de Azeméis.

A iniciativa integra a aposta da autarquia na gastronomia local sendo encarada como “um fator de atração de turistas”.
“Queremos que a gastronomia seja um fator para atrair mais pessoas ao concelho”, sublinhou o presidente da Câmara, destacando um conjunto de eventos que irão concentrar elevado número de pessoas. Os primeiros eventos são já este fim-de semana (Há festa na Aldeia e um jogo da seleção nacional de basquetebol), seguindo-se, no dia 17, a Noite Branca.

O mês de Outubro será dedicado à gastronomia com a realização do Concurso Municipal de Doçaria e do 3º Congresso Nacional de Turismo de Culinária, uma iniciativa da Associação Portuguesa de Turismo de Culinária e Economia (APTECE).

Sobre o concurso, Hermínio Loureiro disse que irá “despertar talentos adormecidos na área da confeção da doçaria”, recuperando tradições e divulgando “este importante património”.

O concurso destina-se a padarias, pastelarias e estabelecimentos similares do concelho. Na modalidade “Melhor Iguaria 2016” cada candidato pode apresentar o máximo de duas iguarias cuja confeção deverá utilizar, pelo menos, dois produtos da região, privilegiando as farinhas, o pão, o arroz, o café, o mel, os laticínios e o a manteiga.

Na modalidade “Iguaria Saudável 2016” cada candidato só poderá apresentar uma iguaria, não sendo esta participação obrigatória.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *