Destaque, Educação, Lousã, Sociedade

Ação Social Escolar da Câmara Municipal da Lousã abrange mais de 1000 crianças e jovens

1 (14)

Após um período de análise e de processamento da informação, as famílias lousanenses estão, desde a passada semana, a receber respostas aos seus pedidos de Ação Social Escolar para o próximo ano letivo.

Assim no 1.º Ciclo do Ensino Básico, 610 alunos serão apoiados com manuais escolares e/ou fichas de atividades e 280 com materiais escolares, uma medida que significa um investimento da Autarquia de 51 500€.

Mais de 850 crianças do Pré-Escolar e 1.º CEB irão almoçar nos refeitórios escolares da Autarquia, nomeadamente nos espaços municipais com certificação de qualidade e segurança alimentar, tendo a Autarquia já avançado para a contratação do serviço de fornecimento de refeições cujo valor global será de 223 587,63€.

A título de exemplo, no Pré-Escolar e 1.º CEB mais de 20% das crianças têm o 1.º escalão da Ação Social, ou seja, almoçarão gratuitamente nos refeitórios escolares. Outro tanto, tem o 2.º escalão, o que significa que as famílias pagarão apenas 73 cêntimos por refeição.

Ainda neste âmbito, foram hoje aprovados na reunião do Executivo os protocolos de colaboração a estabelecer entre a Câmara Municipal, o Agrupamento de Escolas da Lousã, ATIVAR, Associação Recreativa, Cultural e Social das Gândaras, Centro Paroquial de Solidariedade Social da Freguesia de Serpins e ARCIL.

Os referidos acordos, que irão contemplar um apoio financeiro da Autarquia no valor de 161 920€ e abranger cerca de 218 crianças, têm como objeto a dinamização de Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF) e Centros de Atividades de Tempos Livres (CATL) em diversos estabelecimentos de ensino do Concelho.

Para além do apoio monetário, a Autarquia assume ainda a cedência e manutenção de instalações e mobiliário para o funcionamento das atividades, assim como outros apoios logísticos, como, por exemplo, a realização periódica de ações de formação para os monitores envolvidos nestas atividades.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Luís Antunes, “estes apoios e outros investimentos feitos na educação – que são superiores a 1 milhão de euros/ano – são elucidativos da preocupação social da Autarquia e do investimento nas pessoas e têm como objetivo proporcionar melhores condições a toda a comunidade educativa e às famílias, contribuindo, de forma muito relevante, para a qualidade de vida.”

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *