Cultura, Póvoa de Lanhoso

“Um dia pela arte” aproximou artistas e comunidade na Póvoa de Lanhoso

Um dia pela arte 2016 3

“Um dia pela arte” foi como se designou mais uma das propostas do “Verão Com(N)Vida” e que se realizou a 30 de julho. Desta atividade resultou o busto da Maria da Fonte (por Nigel Cave), vários desenhos a carvão (por Domingos Silva) e três painéis de grafites, que irão estar expostos até à próxima sexta-feira, dia 5 de agosto.

Domingos Silva representou a Pintura e Nigel Cave a Escultura. Esteve ainda representada a arte de trabalhar a Madeira através de Abel Poças e a Cestaria com Manuel Cunha. Bruno Lisboa representou o Grafite, Pako, o Hip – Hop e a companhia de teatro Tin.Bra trouxe ainda animação circense. Houve também a presença de elementos da Escola da Banda Musical de Calvos, workshops e atividades, música e dança tradicional.

A comunidade foi convidada a participar e a aproveitar esta oportunidade de proximidade com os artistas em pleno processo de criação e, na verdade, esta proposta criou curiosidade a quem passou pelo Largo António Lopes, na Vila Povoense. As pessoas puderam experimentar as várias atividades, tendo-se formado um ambiente de diversão, tanto nas crianças como nos mais crescidos, a que ajudou também o bom tempo que se fez sentir.

Reunir diversas vertentes artísticas, mais tradicionais e mais recentes, desde a música às artes mais elementares, como, por exemplo, o trabalho da madeira, e envolver a população interessada, de todas as idades, numa experiência diferente foram objetivos.

Todas as atividades funcionaram como oficinas para que as pessoas pudessem experimentar e apurar o gosto e os conhecimentos pelas artes.

Os artistas estiveram, entre as 10h00 e as 20h00, no Largo António Lopes, na Vila da Póvoa de Lanhoso, trabalhando ao vivo e com quem aceitou o desafio de participar ativamente, em “Um dia pela arte”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *