Destaque, Felgueiras, Sociedade

D. Manuel Clemente, Cardeal Patriarca de Lisboa visita Felgueiras

facebook_publicação

Aberta ao público em geral, no dia 29 deste mês de Julho, pelas 21,30h, na «Casa das Artes» da Cidade de Felgueiras, o Senhor D. Manuel Clemente, Cardeal Patriarca de Lisboa, proferirá uma conferência intitulada «Padre Sena Freitas, uma grande figura da Igreja que também esteve em Felgueiras».

Ao lado dos seus contemporâneos, Antero de Quental e Teófilo Braga, o Padre Sena Freitas foi um notável açoriano que muito marcou a vida cultural portuguesa da segunda metade do século XIX, tendo estado nos anos setenta dessa centúria em Felgueiras, onde foi professor no Colégio de Santa Quitéria, da Congregação da Missão de São Vicente de Paulo.

Apesar de autor de uma vasta e multifacetada obra, abrangendo as áreas da teologia, da filosofia, da pedagogia, da literatura e crítica literárias, do jornalismo, da política e da parenética, obra representativa da sua preocupação de fazer dialogar a fé com a cultura dos seus contemporâneos, Sena Freitas permanece ainda hoje um dos expoentes da cultura portuguesa e brasileira dos finais do século XIX e princípios do século XX mais deficitariamente estudados e necessitados de revisitação crítica.

Como, enquanto investigador e académico, o Senhor D. Manuel Clemente tem dedicado uma continuada, arguta e especial atenção à história da sociedade portuguesa dessa época e ao papel da Igreja nesse quadro, nele saindo particularmente valorizada a figura de Sena Freitas, esta conferência, pelos reconhecidos méritos científicos do orador e pelo interesse e candência da temática, constituirá uma excelente oportunidade de reflexão sobre o «Portugal Contemporâneo» de Oitocentos e inícios do Século XX, oportunidade para a qualexortamos os nossos concidadãos.

Com esta se encerra um ciclo de conferências da iniciativa do Círculo Cultural Abel Tavares (Casa do Souto de Baixo, Santa Marinha da Pedreira, Felgueiras) que contou com os apoios do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Felgueiras e da Paróquia de Santa Marinha da Pedreira.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *