Destaque, Economia, Valença

Mais Fábricas em Valença

valençaIndustria2

O Parque Empresarial de Valença e a Zona Industrial de São Pedro da Torre tem garantidos investimentos superiores a 30 milhões de euros, nos próximos dois anos, em novas fábricas e na ampliação de unidades industriais existentes.

A captação de novos investimentos industriais, para o Parque Empresarial e Zona Industrial de São Pedro da Torre, tem sido uma das prioridades da Câmara Municipal de Valença, reforçando a dimensão de áreas que cada vez se afirmam mais como um dos grandes nichos industriais do Noroeste Peninsular. Os processos de expansão destas duas zonas de acolhimento industrial de Valença tem estado a ser preparados de modo a permitir o acolhimento de mais unidades industriais e de logística. Ampliações necessárias face à crescente procura de solo industrial.

O mais recente anúncio de investimento é da empresa Antolin que vai reforçar a capacidade instalada com a construção de nova unidade industrial com uma área de 15.000 m2. A par deste investimento surge a nova unidade da Marsan. Estas duas unidades serão complementares e permitirão a implementação de produção em cadeia, dos dois fabricantes, com a primeira experiência do sector no Norte de Portugal e Galiza.

Em bom ritmo de instalação estão, também, as novas unidades industriais da Trimar, em fase de testes e inicio de produção, da Informoldes, em fase final de construção da nave industrial, da Fernandes&Câmara, a iniciar a construção das instalações, a expansão da QLS , com a ampliação da unidade em mais 1500 m2. Em fase de instalação está, também, uma unidade polaca ligada à industria naval que ocupará 1500 m2. Os pavilhões industriais que receberam a Borgwarner, nos últimos anos, receberão, também, uma nova unidade.

No sentido de potenciar a atratividade do Parque Empresarial de Valença a autarquia pretende avançar, em breve, com a construção de uma via rápida de ligação entre os complexos industriais e a EN 13. Uma nova via que facultará o acesso aos transportes de mercadorias e colocará o parque a 3 minutos das ligações por auto-estrada a Braga / Porto e à Galiza.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Valença, Jorge Salgueiro Mendes, “Valença possui um posicionamento geoestratégico atrativo para a captação de investimentos industriais e comerciais que a Câmara Municipal tem vindo a acautelar, no sentido de dinamizar a economia local e regional e reforçar a capacidade de oferta de emprego local”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *