Cultura, Destaque, Melgaço

festival de cinema em Melgaço pretende ser um ‘tributo’ a Jean Loup Passek

filmes-do-homem-2016

A edição de 2016 do festival de documentário de Melgaço FILMES DO HOMEM foi apresentada ontem no espaço MIRA FORUM, no Porto, e ao longo de três horas assistiu-se a uma mostra das diferentes valências deste projeto de referência na cultura do Norte do país. A apresentação contou com a presença de Manoel Baptista, Presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Carlos Eduardo Viana, Presidente da associação AO NORTE, Pedro Sena Nunes, realizador e tutor da residência artística Plano Frontal, Daniel Maciel, em representação da equipa organizadora do curso de verão Fora de Campo, e Bernard Despomadères, curador da exposição Histórias Sem Palavras, que estará patente no Museu de Cinema Jean Loup Passek durante o festival.

Na sessão foi apresentado o programa completo do festival e os presentes tiveram, ainda, a possibilidade de visualizar excertos dos filmes e das exposições que estarão presentes entre os dias 2 e 7 de agosto na Casa da Cultura em Melgaço, nas freguesias circundantes e numa extensão a Arbo e a Padrenda, na Galiza. Após uma apresentação dos objetivos do festival e de uma lembrança sobre o rico percurso do mesmo, a sessão continuou com a exibição dos documentários produzidos durante a residência artística Plano Frontal de 2014. A residência artística é uma das grandes apostas do festival e pretende continuar o incentivo à produção fotográfica e cinematográfica dos alunos recém-graduados em audiovisual e fotografia do país.

‘A aposta no festival foi boa e, prova disso, foi o facto de ao longo destas duas últimas edições termos afirmado este projeto e cativado mais público’, disse o presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista, durante a apresentação do evento, realçando que este ano o evento pretende ser um ‘tributo’ a Jean Loup Passek por permitir que, através da doação do seu património, este festival fosse uma realidade. ‘É importante que ele perceba que aquilo que nos deu está a ser posto ao serviço da comunidade, está a ser rentabilizado’, salientou.

Todos estes filmes são candidatos ao prémio Jean Loup Passek, em homenagem ao crítico e programador de cinema que doou parte do seu espólio ao Município de Melgaço, e os filmes portugueses estão também a concorrer ao prémio de melhor documentário português. O prémio Jean Loup Passek atribuirá três galardões: a melhor longa-metragem (3.000€); melhor média ou curta-metragem (1.500€); e melhor documentário português (1.000€).

Concorreram mais de 300 filmes, mas apenas 27 foram selecionados: a concurso estão 13 longas-metragens e 14 médias e curtas-metragens, oriundas de vários países, como Portugal, Irão, China, Israel, Suécia, Polónia, Irão, Espanha, Brasil, Israel, França, Reino Unido, Canadá, Austrália, Palestina, Alemanha, Suíça e África do Sul. O júri é constituído por Manuela Penafria, Margarida Cardoso, Renato Athias, Tiago Afonso e Xurxo Chirro.

Vários realizadores estarão presentes no festival para partilhar experiências, pensamentos e abordagens acerca dos temas gerais da edição do presente ano: identidade, memória e fronteira.

 

Curso de verão FORA DE CAMPO

Entre os dias 3 e 7 de agosto realiza-se o curso de verão FORA DE CAMPO que pretende assumir-se como um encontro multidisciplinar promotor de reflexão e debate através de duas vertentes: uma teórica, através de seminários, e uma prática, com workshops. O objetivo é debater e desenvolver práticas criativas em torno do cinema e das ciências sociais e humanas, tendo como ponto de partida a temática Identidade(s). O curso tem como coordenador geral o antropólogo e professor universitário José da Silva Ribeiro.

O Festival FILMES DO HOMEM organiza também a residência cinematográfica e Fotográfica Plano Frontal, a decorrer em Melgaço de 29 de julho a 7 de agosto de 2016, com alunos ou recém graduados de Cinema e Fotografia.

FILMES DO HOMEM, Festival Internacional de Documentário de Melgaço é organizado pela Câmara Municipal de Melgaço em parceria com a AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual, e pretende promover e divulgar o cinema etnográfico e social, refletir sobre identidade, memória e fronteira e contribuir para um arquivo audiovisual sobre a região.

 

 

PROGRAMA:

02 agosto | Terça-feira

17h00 | Casa da Cultura

  • HOJE NÃO É ONTEM JOSE COSTA BARBOSA (Portugal, 2015, 26’10’’)

Com a presença do realizador

  • ATOPIA LUÍS AZEVEDO e ALEXANDRE MARINHO (Portugal, 2015, 11’27’’)

Com a presença dos realizadores

  • SYMBOLIC THREATS MISCHA LEINKAUF, LUTZ HENKE, MATTHIAS WERMKE (Alemanha, 2015, 28’36’’)
  • ESPAÇO PÚBLICO LUCAS MANARTE (Portugal, 2015, 28’36’’)

Com a presença do realizador

18h45 | Casa da Cultura

  • WRITING ON THE CITY KEYWAN KARIMI (Irão, 2015, 60’)

21h00 |                 Casa da Cultura

SESSÃO ABERTURA

Inauguração das Exposições de Fotografia, com a presença dos autores

  • COMMERCIO, João Gigante
  • UM LUGAR CHAMADO DIÁSPORA, Andreia Alves de Oliveira
  • PADRÃO, Bruna Prazeres

Apresentação dos documentários PLANO FRONTAL 2015

  • ÁGUAS PASSADAS Ana Costa (Portugal, 2015, 20′)
  • FRONTEIRA(S) Sérgio Miguel Silva (Portugal, 2016, 15′)
  • NOITE LONGA Ivan Markelov (Portugal, 2015, 10′)
  • PARA ALÉM DA FRONTEIRA José Santos (Portugal, 2015, 17′)

22h30 (hora de Espanha) | Arbo . Galiza

  • DISTRICT ZERO PABLO IRABURU, JORGE FERNÁNDEZ MAYORAL, PABLO TOSCO (Espanha, 2015, 67′)

 

03 agosto | Quarta-feira

17h00 | Casa da Cultura

  • A MOVIE FOR YOU IMAN BEHROUZI (Irão / Alemanha 2015, 25’)

Com a presença do realizador

  • A FESTA E OS CÃES LEONARDO MOURAMATEUS (Brasil, 2015, 25’)

18h10 | Casa da Cultura

  • UMA RAPARIGA DA SUA IDADE MÁRCIO LARANJEIRA (Portugal, 2015, 88’)

Com a presença do realizador

21h30 | Casa da Cultura

  • AS CASAS NÃO MORREM INÊS FONSECA SANTOS, PEDRO MACEDO (Portugal, 2015, 18’), Com a presença do realizador
  • TOCA DO LOBO CATARINA MOURÃO (Portugal, 2015, 102’)

Com a presença da realizadora

22h00| PENSO / Sessão ao ar livre

  • IRMÃOS PEDRO MAGANO (Portugal, 2015, 71’41’’)

 

04 agosto | Quinta-feira

17h00 | Casa da Cultura

  • TOUCH OF FREEDOM SARDAR ARSHAD KHAN (Polónia, 2015, 11’39’’)
  • LE CHOIX IMPOSSIBLE PATRICK SÉRAUDIE (Portugal / França, 2016, 52’)

Com a presença do realizador

18h15 | Casa da Cultura

  • THE BOERS AT THE END OF THE WORLD RICHARD FINN GREGORY (África do Sul, 2015, 85’)

21h30 | Casa da Cultura

  • AMATEUR OLGA RAMOS (Portugal, 2015, 124’)

Com a presença da realizadora

22h00 | Castro Laboreiro / Centro Cívico

SESSÃO ESPECIAL

DOCUMENTÁRIOS REALIZADOS DURANTE A RESIDÊNCIA CINEMATOGRÁFICA FILMES DO HOMEM 2014

  • FUI, COMO ERVAS, E NÃO ME ARRANCARAM Rúben Gonçalves (Portugal, 2015)
  • VISITA Rui Esperança (Portugal, 2015)
  • TERRAS DE QUEM SOU Flávio Ferreira (Portugal, 2015)
  • A REVOLUÇÃO NO CAMINHO Artur Maurício (Portugal, 2015)

 

05 agosto | Sexta-feira

17h00 | Casa da Cultura

  • DISTRICT ZERO PABLO IRABURU, JORGE FERNÁNDEZ MAYORAL, PABLO TOSCO (Espanha, 2015 | 67’                Casa da Cultura

18h20 | Casa da Cultura

  • A MAN RETURNED MAHDI FLEIFEL (Reino Unido,2016, 30’)
  • LEJOS DE LA ORILLA (FAR FROM THE SHORE) JAVIER SANZ (Espanha,2015, 60’)

Com a presença do realizador

21h30 | Casa da Cultura

  • HAKARA (Recognition) SHARON RYBA-KAHN (Alemanha,2015, 86’)

Com a presença da realizadora

21h30 (hora de Espanha) | Padrenda . Galiza

  • LEJOS DE LA ORILLA (FAR FROM THE SHORE) JAVIER SANZ (Espanha,2015, 60’)

 

06 agosto | Sábado

10h30 | Casa da Cultura

  • #MY ESCAPE ELKE SASSE (Alemanha, 2016, 90’)

Com a presença de Rama Jarmakani

14h30 | Casa da Cultura

Visita às exposições de fotografia Plano Frontal

15h15 | Espaço Memória e Fronteira

Visita ao Espaço Memória e Fronteira

16h30 | Casa da Cultura

  • HISTOIRES MATERNELLES ANOUK DOMINGUEZ-DEGEN (Suiça, 2015, 27’6’’)
  • THE GUARDIANS BENJAMIN ROST (Alemanha, 2015, 26’)
  • SHEERIN OF AL-WALAJA DAZ CHANDLER (Austrália, Palestina, 2015, 27’)

Com a presença da realizadora

18h00 | Casa da Cultura

  • NO COW ON THE ICE  ELOY DOMÍNGUEZ SERÉN (Suécia, Espanha, 2015, 63’)

21h30 | Casa da Cultura

  • MY ENEMY, MY BROTHER ANN SHIN (Canadá, 2015, 17′)
  • BEHEMOTH ZHAO LIANG (China, França, 2015, 90′)

FESTA

22h00 | CRISTÓVAL (S. GREGÓRIO) / Sessão ao ar livre

SESSÃO ESPECIAL

  • MULLERES DA RAIA DIANA GONÇALVES (Portugal , 2009, 42’)

Com a presença da realizadora

 

07 agosto | Domingo

10h30 | Auditório de Lamas de Mouro

Filme Convidado

  • OS OLHOS DE ANDRÉ ANTÓNIO BORGES CORREIA (Portugal, 2015, 65’)

Com a presença do realizador

16h30 | Casa da Cultura

  • WOMEN IN SINK IRIS ZAKI (Reino Unido / Israel, 2015, 36’)

Com a presença da realizadora

  • IRMÃOS PEDRO MAGANO (Portugal, 2015, 71’41’’)

Com a presença do realizador

ENTREGA DO PRÉMIO Jean Loup Passek

21h00 |  Museu de Cinema JEAN LOUP PASSEK

Inauguração da Exposição HISTÓRIAS SEM PALAVRAS

22h00 | Torre de Menagem de Melgaço

Filme Convidado

  • CINEMA NA TORRE – Sessão ao ar livre
  • VOLTA À TERRA JOÃO PEDRO PLÁCIDO (Portugal, 2014, 78’)

 

 

Mais informações em www.filmesdohomem.pt.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *