Alcoutim, Educação

Autarquia alcouteneja leva juniores do concelho a frequentar a universidade

IMG_1439

Entre os dias 3 a 10 de julho, mais de uma dezena de alunos do Agrupamento de Escolas do Concelho de Alcoutim estiveram na cidade do Porto para participar na ação “Verão em Projeto 2016”, da Universidade Júnior. A iniciativa decorreu no âmbito do protocolo de colaboração estabelecido entre a Universidade do Porto e o Município de Alcoutim.

O referido protocolo visa a participação de jovens estudantes do ensino básico e secundário em cursos de verão daquela universidade no sentido de fomentar o gosto pelo conhecimento em diversas áreas, a familiarização com o ambiente universitário e contribuir para a escolha de um percurso vocacional.

Este ano, os alunos participantes escolheram atividades como “Letras, tinta e graffiti” e “Top Secret – making of”, na Faculdade de Belas Artes; “Os campeões olímpicos: a junção da física com o desporto” e “Aos ritmos do desporto: ar, terra e mar”, na Faculdade de Desporto; “Try to be a nurse. It’s cool”, na Escola Superior de Enfermagem e “PSI – Peixes Sob Investigação”, na Faculdade de Ciências. A experiência possibilitou-lhes realizar tarefas universitárias, adquirir conhecimentos práticos relacionados com os cursos que frequentaram e conviver com colegas de outras regiões do País.

Para além dos dias passados na Universidade Júnior, a autarquia proporcionou também um programa complementar de atividades na cidade do Porto. Deste modo, os estudantes puderam conhecer ao pormenor, através de uma visita guiada, a Casa da Música, tendo-lhes sido explanadas algumas curiosidades sobre a acústica e funcionalidades do edifício, bem como o centro histórico da cidade invicta. Os jovens alcoutenejos usufruíram ainda de um passeio de barco pelo rio Douro.

Recorde-se que a autarquia assegura as despesas com alojamento e deslocações da totalidade dos alunos do concelho, a frequentar o 9.º, 10.º, 11.º e 12.ºanos de escolaridade, inscritos nesta iniciativa que vai já no seu terceiro ano de existência.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *