Albergaria-a-Velha, Cultura

Festim 2016 despede-se de Albergaria-a-Velha com Cheikh Lô

5782708c25cb5

Cheikh Lô, um dos expoentes máximos da música de fusão africana, atua no Cineteatro Alba no próximo sábado, 15 de julho, pelas 22h00. Este é o último concerto Festim – Festival Intermunicipal de Músicas do Mundo em Albergaria-a-Velha e os bilhetes custam quatro e seis euros.

O cantor e músico senegalês, nascido em 1955 no Burkina Faso, conta com um percurso musical de 40 anos e é uma referência na música moderna africana. Compositor, cantor, guitarrista e percussionista, o “mestre da Afro-Pop” é influenciado pelo Reggae e pelo Funk, que mistura com os sons dançáveis do Mbalax, estilo surgido no Senegal e Gâmbia na década de 1970.

Cheikh Lô começou a sua carreira musical como baterista no Volta Jazz, considerado um dos melhores grupos surgidos após a independência dos países da África Ocidental. Na década de 1980, em Paris, trabalhou com Papa Wemba e gravou três discos com o produtor Ibrahima Sylla. Em 1995 lança “Ne La Thiass” e, três anos depois, “Bambay Gueej”, ambos produzidos por Youssou N’Dour, o “padrinho da Pop senegalesa”

O seu último álbum, “Balbalou”, foi gravado na Suécia, em 2015, e produzido por Andreas Unge. O disco conta com as participações da brasileira Flávia Coelho, da maliana Oumou Sangaré e do Trompetista Ibrahim Maalouf.  Cheikh Lô foi galardoado com o prémio carreira no maior evento mundial de World Music, o Womex, no ano passado.

Os bilhetes normais para o concerto têm o preço de seis euros. Para os portadores Cartão Amigo, Cartão Sénior Municipal, Cartão Municipal de Voluntário e Jovens Sub 23 o preço é de quatro euros. Há descontos para grupos

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *