Cultura, Portimão

Feira do Livro de Portimão há 59 anos a promover o livro e a leitura

CARTAZ GENERICO_Feira do Livro 2016

Propostas literárias para todos os gostos e preços tentadores são os principais atrativos de mais uma edição da Feira do Livro de Portimão, que começa no dia 14 de julho situada na zona ribeirinha, junto ao Posto de Combustível da Repsol. São 39 dias a celebrar a literatura, numa festa que é feita de livros, escritores e leitores.

O evento, organizado pela Câmara de Portimão em conjunto com a Livraria e Papelaria Elifalma ficará patente até 21 de agosto, e abre portas entre as 19h00 e as 24h00, propondo as últimas novidades em conjunto com edições mais antigas. Também será possível encontrar um vasto lote de obras de ficção científica, policiais, romances históricos, literatura infantojuvenil e livros técnicos das mais diversas áreas do saber.

A Feira do Livro de Portimão é já uma instituição, um programa obrigatório de verão no final da tarde ou à noite para residentes e turistas. Destinada a todos os tipos de público, tem o habitual cliente que preparou a sua lista de livros durante o ano inteiro e que vai lá para comprar objetivamente aqueles livros que guardou para aquele momento.

O programa do certame contará com a presença de vários escritores convidados, que participarão em sessões de autógrafos e conversas informais. O programa da sessão de autógrafos será diário e será divulgado brevemente em www.vivaportimao.pt

A Feira do Livro é uma oportunidade privilegiada de contacto com a leitura e de compra de livros, oferecendo descontos médios de 20 por cento, o que atrai todos os anos milhares de visitantes, tendo recebido em 2015 perto de 20.000 mil visitantes, os quais adquiriam cerca de 20 mil exemplares, números que reforçam a posição deste evento como o terceiro maior do país no seu género, logo a seguir a Lisboa e ao Porto.

Serão 39 dias dedicados à promoção da leitura inseridos numa Feira localizada num espaço privilegiado à beira rio Arade, o maior certame dedicado ao livro e à leitura e há muito ligado à cidade, foi conquistando um estatuto próprio e hoje apresenta-se como um dos certames habituais na Programação Cultural do Município, mobilizando a população residente e os que nos visitam em torno da importância da leitura, sendo, ainda, a grande oportunidade de aproximar autores e leitores.

Mudam-se os tempos mas há coisas que não mudam. E 59 anos depois da primeira edição, o ritual de ir à Feira do Livro em Portimão e com o peso dos livros continua a fazer sentido. Em 1957 ou em 2016, todos os anos são um bom ano para mais uma Feira do Livro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *