Cultura, Nelas, Sociedade

Restauro do Foral Manuelino de Senhorim apresentado em Nelas

RESTAURO DO FORAL MANUELINO DE SENHORIM APRESENTADO HOJE NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE NELAS

Na sequência das Comemorações dos 500 anos do Foral Manuelino do Concelho de Senhorim, a Câmara Municipal de Nelas promoveu ontem na Biblioteca Municipal de Nelas uma Conferência para a apresentação oficial do restauro do Foral de Dom Manuel ao Concelho de Senhorim, datado de 1514, que contou com as intervenções de António Tavares, Arqueólogo e Historiador Colaborador da ArqueoHoje, e de Luís Filipe Gomes, Arqueólogo e sócio fundador da ArqueoHoje, Entidade responsável pela conservação/restauro do Foral.

A Cerimónia foi presidida por Sofia Relvas, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Nelas, que contextualizou o restauro do foral, destacando a pertinência deste tipo de iniciativas na preservação do património material do Concelho, acrescentando que a sensibilização da sociedade para a preservação de arquivos históricos se encontra de entre as responsabilidades da Câmara Municipal. Referiu, ainda, que este documento régio, o mais antigo do arquivo municipal, é mais um importante contributo na difusão do património documental existente, no sentido de permitir a todos os públicos (re)conhecer e, assim, valorizar a História Local.

A Vice-Presidente terminou deixando o convite a todos os munícipes para visitarem a Exposição “Arquivo Municipal: Memórias de outros tempos” e descobrirem alguns dos documentos históricos que suportam a identidade do Concelho que fazem partem da memória colectiva e são para usufruto de todos nós.

A Cerimónia, que se centrou na apresentação de uma breve exposição da história das Terras de Senhorim e do Foral Manuelino e na divulgação da intervenção de restauro e conservação deste documento (através da comparação entre o antes e o depois dos trabalhos), terminou com um momento simbólico onde se procedeu à colocação do recém-restaurado Foral de Senhorim na vitrine que fica a partir de hoje, e até ao próximo dia 7 deste mês, exposto na Biblioteca Municipal António Lobo Antunes, das 09h00 às 18h00.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *