Oliveira de Azeméis, Sociedade, Turismo

Festas La Salette em Oliveira de Azeméis estão a chegar com programa para todas as idades

primage_16516

A cidade de Oliveira de Azeméis celebra no mês de agosto a sua maior manifestação de religiosidade com a realização das festas em honra de Nossa Senhora de La Salette.

Todos os anos se cumpre um programa religioso, desportivo e lúdico e este ano o formato não foge à regra. Ao longo de uma semana, novos e menos novos podem usufruir de atividades que vão desde o desporto a um vasto programa religioso onde pontificam a Procissão de Velas e a Procissão do Triunfo.
As tradicionais festas de La Salette, uma das maiores da região da Beira Litoral, arrancam a 7 e prolongam-se até dia 15 de agosto levando até ao parque da cidade milhares de visitantes e turistas.

“É um programa elaborado com os pés bem assentes no chão”, afirmou Jorge Coelho, presidente da Comissão de Festas, na apresentação do programa que, musicalmente, apresenta Quim Barreiros como “cabeça de cartaz”, que atuará no dia nove no parque de La Salette. A nível musical o público pode contar ainda, no dia 12, com a atuação da cantora Maria Lisboa e da banda oliveirense “Paradigma”, no dia 10. O folclore, com a participação de grupos locais, e o fado de Coimbra têm também o seu lugar.

O desporto, uma das vertentes do evento, “abre” as Festas no dia 7 com a realização da Caminhada por Terras de La Salette, do Grande Prémio de Atletismo La Salette e do Encontro Nacional de Cicloturismo.

Além de uma área dedicada à mostra e venda de artesanato das Terras de Santa Maria, o recinto acolherá, no dia 13, a Noite da Juventude com os Dj´s Olga Ryazanova e Katty.

“Haverá dias dedicados à juventude e também dias para os menos novos”, afirma Jorge Coelho, acentuando a diversidade do programa que, apesar de “algumas dificuldades na angariação de bens”, não saiu prejudicado.

O comércio e a indústria locais apoiam, anualmente, a campanha de angariação de verbas, um esforço reconhecido por Jorge Coelho.

Também Ricardo Tavares, vice-presidente da autarquia, considera fundamental este tipo de apoio no sucesso das Festas, um sucesso que atribui, naturalmente, à Comissão de Festas.

“É de enaltecer o esforço na angariação de verbas e a tarefa de organizar o programa”, acentuou o autarca, referindo-se ao “extraordinário trabalho da Comissão” que se tem refletido numa “organização auto-sustentável”.

“O programa deste ano vem na senda de outros, cumprindo o respeito pela tradição religiosa, além de dar espaço ao desporto e à componente lúdica que ajudam a levar ainda mais pessoas ao parque da cidade”, refere Ricardo Tavares.

“As festas serão um sucesso”, disse, agradecendo a “todos os oliveirenses que ajudaram e confiaram na Comissão de Festas”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *